As princesas dizem não

Mais um remake da Princesas da Disney e de alguns outros aclamados personagens femininos, dessa vez sob os olhos do artista Alexsandro Palombo que mudou o olhar sobre os icônicos personagens por uma boa causa. O brilho alegre das personagens mais queridas do mundo da fantasia deram lugar a vitímas de violência doméstica.

Alexandre Palombo

Alexandre Palombo

Alexandre Palombo

Alexandre Palombo

Alexandre Palombo

Alexandre Palombo

Você consegue imaginar uma forma melhor para que estes personagens sirvam como referência?

Que seja tópico de discussões, que cause impacto, seja qual for, a violência contra mulher não pode passar batido. Não mais.

E nunca se esqueça de procurar ajuda, sempre! ?

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Seria um lindo Dia Internacional da Mulher se…

Aconteceu como uma coisa corriqueira, a Carol fez um post no Facebook pedindo ajuda dos amigos designers, eu não sou a designer por formação, mas faço muita arte por aí (rs!), então prontamente me ofereci para ajudar, mesmo sem saber do que se tratava.

No final das contas ela conseguiu reunir 8 pessoas numa janela de chat, tudo pela vontade de transformar esse 8 de março, Dia Internacional da Mulher, em algo mais significativo.

Nós adoramos!

Textos, fontes, designs, tudo foi acontecendo em uma só tarde, e até o final do dia, rodeada de amor e emoção a página nasceu.

Seria um lindo dia se...

Na página “Seria um lindo dia se…” apontaremos estatísticas e dados que provam que esse não é um dia de comemoração, longe disso. A luta da mulher pelo seu papel de direito na sociedade está longe de acabar, e o que foi conquistado até agora foi pouco perto do que poderia ser.

Todos os dados que vocês verão na página são reais e possuem fonte.

O nascimento da página já despertou ideias em muitas lindas e lindos, as pessoas já começaram a ver o porque elas não poderiam comemorar esse dia.

E só por isso, já sinto que nossa missão foi cumprida.

Se o que a gente sabe, e vai compartilhar, afetar qualquer pessoa de qualquer forma, nossa missão foi cumprida.

Me sinto privilegiada e abençoada por ter tido a chance de fazer parte do desenvolvimento desse projeto.

Fiz esse post para que vocês conhecessem mais sobre o projeto, mas o fiz também para registrar meu carinho e respeito pelos envolvidos: Carol Patrocinio, Lucas Coelho, Patricia Borbolla Baroni, Leticia Vendrami, Danutti de Carvalho, Juliana Kataoka e Ludmila Maia.

Vocês são incríveis, conhecer e trabalhar com vocês foi lindo! Vai ser com atitudes assim que num futuro não muito distante, o Dia Internacional da Mulher será realmente uma data a ser comemorada.

Visitem a página e não comemorem com a gente!

fb.com/seriaumlindodiase

imagem:reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.