BEDA – Wishlist Sneakers

Meu aniversário está chegando (20/08) e eu ando cobiçando MUITAS coisas, dá para fazer várias wishlists, e eu acho que é exatamente isso que eu vou fazer!

Uma coisa que tem sido indispensável na busca por um estilo que que atenda minha personalidade e minhas recém valorizadas curvas é o conforto. Talvez eu me sinta assim porque passei tanto tempo me vestindo de uma forma que me deixava desconfortável. Acho que parte de se sentir bonita está em se sentir à vontade.

Por isso sinto que os sneakers, que já são febre e tem cada vez mais fãs de vários estilos e idades, tem me chamado mais atenção. Mais do que minhas amadas Melissas e do que as várias sapatilhas que eu tenho (praticamente aboli o salto alto da minha sapateira). A parte proveitosa dessa febre está em encontrar modelos cada mais criativos e mais bonitos para nos acompanhar em (quase) toda ocasisão.

Esses são os que eu mais quero (por enquanto):

Nike-Wmns-Air-Huarache-Run-Print-Aloha-Black-sneaker-tenis-wishlist-ocabide

Nike Air Huarache Print Black, COMPRE AQUI

santa-lolla-sneaker-tenis-wishlist-ocabide

Sneaker Santa Lolla, COMPRE AQUI

Tenis-adidas-Zx-Flux-Feminino-sneaker-tenis-wishlist-ocabideAdidas Zx Flux Feminino, COMPRE AQUI

Nike-Air-Max-90-Print--sneaker-tenis-wishlist-ocabide
Nike Air Max 90 Print, COMPRE AQUI

adidas-Rita-Ora-Bankshot-20-sneaker-tenis-wishlist-ocabide

Adidas Rita Ora Bankshot 2.0, COMPRE AQUI

M2000-Box-HI-Feminino-sneaker-tenis-wishlist-ocabide

M2000 Box HI Feminino, COMPRE AQUI

converse_all-star_print_argyle_hi_-sneaker-ocabide
Converse All Star Print Argyçe HI, COMPRE AQUI

E vocês, o que acham de looks com sneakers?

Qual modelo desejo está faltando na minha lista?

*imagens: reprodução

**Saiba mais sobre o BEDA

badge_post_01

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

A Converse modificou o design do clássico Chuck Taylor All Star depois de 98 anos

É muito provável que você, durante sua infância/adolescência, usou e abusou dos clássicos tênis All Star. E, se você é como eu, continua usando mesmo depois de adulto (quase 31 anos nas costas e uso pra sair, pra jogar bola, pra trabalhar, até mesmo pra casar! Veja a imagem abaixo na qual estou no centro, de calças pretas, e meus padrinhos ao meu lado, todos devidamente trajados de Converse Chuck Taylor All Star no dia do casório).

Pequena aulinha de história aqui. A Converse, tradicional fabricante de tênis norte-americano, fundada em 1908, criou em 1917 a linha Chuck Taylor All Star tentando padronizar os calçados utilizados em jogos de basquete. Pra quem se pergunta que foi Chuck Taylor, segue: Charles “Chuck” Hollis Taylor foi um jogador de basquete. Tcha-nãããããn… Chuck Taylor era apaixonado pelos tênis da Converse e os promoveu até o final de sua carreira como jogador. Enfim, o fato é que a Converse lançou o modelo em 1917 e até hoje o manteve com o design geral intacto, modificando apenas cores e diversas padronagens com estampas e séries especiais ao longo do tempo.

Mas o que muita gente não sabe é que a Converse declarou falência em 2003 e foi comprada pela Nike. Então, sem essa compra, os tênis que você usou durante boa parte da sua adolescência sequer existiriam hoje em dia. Com isso na cabeça, continuemos.

Alguns de vocês talvez considerem a atitude de mexer no design de algo tão clássico e atemporal um sacrilégio, tal como uma mudança da fórmula clássica da Coca-Cola ou abaixar os braços da estátua do Cristo Redentor. Mas depois de 98 anos, a Converse está atualizando o já icônico e sempre moderno Chuck Taylor All Star – ou apenas All Star para nós, brasileiros. Por fora, ele é praticamente idêntico ao original; mas por dentro, o Chuck II (que não é a continuação do filme do brinquedo assassino) é muito mais confortável para os seus pés.

Por sorte, a Nike não mexeu muito no design do calçado desde a compra da Converse. E além disso, o Chuck II soa como o melhor dos dois mundos: o estilo clássico da Converse somado à tecnologia avançada da Nike mirando o conforto dos seus pés. E como ele ficou? Veja abaixo.

1353548300619709736

A maior novidade do Chuck II (o nome oficial do modelo) é a inclusão de um material chamado Lunarlon. Desenvolvido pela Nike, esse produto de nome estranho é uma espuma bem leve e elástica que a Nike já usa em seus tênis de corrida e basquete, e que agora será incorporado na sola de borracha dos Chuck II.

1353548300676504616

A Nike alterou também alguns pequenos detalhes no design do Chuck II, incluindo uma lingueta não escorregadia e um forro de camurça perfurado — visível na imagem acima — que ajuda na respiração do seu pé. Isso quer dizer que (teoricamente) os seus pés não vão transpirar tanto quanto antes e seu chulé deverá ser mais moderado também.

Mesmo assim vai ser difícil para a maioria das pessoas perceberem as diferenças entre o clássico Chuck Taylor All Star e o Chuck II — exceto pelo preço. As versões de cano baixo e de cano alto do Chuck II serão vendidas por US$ 15 a mais que as versões originais — US$ 70 e US$ 75, respectivamente. Os primeiros modelos chegam ao mercado americano na próxima terça-feira (28/07/15) nas cores preta, vermelha, azul e branca.

*imagens: reprodução

É publicitário, gestor estratégico e ambiental, empresário, marido, dono de 3 gatos e editor do O Que Não Mata, Engorda. Apaixonado por música, cinema, literatura, automobilismo e ótimos papos com os amigos.

O primeiro

A gente sabe muito bem o porquê de grandes ícones da beleza e da moda, como Audrey Hepburn, Marilyn Monroe e Jackie O, usavam Keds. O clássico tênis americano, conhecido por muitos anos como o primeiro dessa categoria de calçados, são fofos, confortáveis e se provam cada vez mais atemporais!

Como o modelo já é nosso queridinho há tanto tempo, e sua invenção já tem quase cem anos, achei que seria legal nós visitarmos a história sobre como ele surgiu, vamos lá?

Keds

*Anúncio da marca, 1916

A história da marca começou em 1892 quando nove pequenas fábricas de borracha americanas se uniram para formar a U.S. Rubber Company. Entre as fábricas estava a Goodyear Metallic Rubber Shoe Company, primeira empresa a licenciar o novo processo de vulcanização da borracha, descoberto e patenteado por Charles Goodyear. Até 1913, a divisão de calçados da U.S. Rubber Company fabricava sapatos e tênis para 30 diferentes marcas do mercado norte-americano. Foi então que a empresa resolveu fabricar e vender os produtos sob um mesmo nome para reduzir custos, ter mais impacto no mercado e acabar com a rivalidade que existia entre as nove fábricas que formavam a empresa. Uma das primeiras sugestões de nomes para a nova marca foi PEDS, que em Latim significa pé, porém já estava registrado. Em 1916, a dúvida estava entre dois nomes, KEDS e VEDS. A palavra KEDS foi escolhida, pois o som do K era mais forte e marcante. Os calçados KEDS foram então introduzidos no mercado propondo uma nova abordagem para o calçado, apresentando-o como atlético, maleável e confortável. Os modelos da marca eram mais descolados e modernos, combinavam perfeitamente com o estilo de vida dos americanos. Foi nessa época e justamente por causa de uma publicidade da marca, criada pelo publicitário Henry Nelson McKinney, que os tênis ganharam a denominação de “sneaker” nos EUA, isso se deu porque as solas de borracha eram tão silenciosas, que seriam perfeitas para “sneak”, termo da língua inglesa que significa espiar, pelo menos foi assim que a marca justificou o uso da dessa expressão.

Keds

*Audrey Hepburn popularizando o keds como item fashion na década de 60

Desde a sua inserção no mercado e então a marca se estabeleceu e ganhou notoriedade, sobretudo com o lançamento do modelo clássico Champion (tradicional modelo básico na cor branca (que a gente nunca deixa de amar). O KEDS foi o primeiro calçado de sola de borracha feito em lona a ser produzido em larga escala durante a década de 20, os calçados da marca foram usados por jogadores de futebol, atletas olímpicos e tenistas de renome nacional e internacional, assim como por atletas universitários. Em 1934 a empresa introduziu os modelos coloridos, tornando os KEDS algo ainda mais versátil e mais desejado. Quatro anos depois a marca introduziu no mercado um calçado mais feminino batizado de KEDETTES.

Keds

*Kedettes, 1938

Os keds foram conhecidos por décadas como a primeira marca a vender calçados de borracha chamado sneakers, utilizando a expressão “The Original Sneaker” em campanhas publicitárias muito bem sucedidas. Mas, na verdade, a história não é bem essa, em 2010 um pesquisador descobriu um anúncio de 1889 usando a expressão sneaker para descrever os tênis que estavam em liquidação. Eventualmente a própria marca se retratou, alegando que a marca não foi a primeira a usar o termo sneaker, mas foi a resposável pelo seu uso de forma tão ampla. Então, não é o primeiro sneaker, mas é o primeiro têncis com solado de borracha, mais pioneiro impossível, não é?

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

O lançamento da coleção Verão 2014 dos tênis VERT na Choix

No sábado (28/09) eu e a Báarbara fomos ao evento de lançamento da VERT na Loja Choix, antes de falar do evento, e do lançamento, preciso falar da loja!

Ao entrar na rua Professor Artur Ramos já se vê a fachada da loja, que se encontra no térreo de um edifício incrível dos anos 1970, o brilho do neon cria contraste sob as linhas geométricas de concreto.

Loja Choix

O espaço é dividido de forma eclética e ajuda a loja a cumprir o papel de galeria, além das araras recheadas de peças com etiquetas de marcas como Amapô e Neon. alguns gadgets ultra descolados dão pinta aqui e ali, dividindo o espaço com livros de moda ou design, esmaltes da marca Uslu Airlines e cosméticos das marcas Tay e Malin+Goetz.

A loja também é recheada de acessórios incríveis, como os óculos com armação de madeira da Notiluca e os maxi brincos do designer Christopher Alexander.

Impossível sair de mãos vazias!

Voltando ao assunto que deu origem a este post, a VERT é uma marca de tênis sustentável, e nós pudemos conferir, e cobiçar, os lançamentos da coleção de verão/2014.

Lançamento Vert

*fotos: Instagram

O tênis é puro charme, já está na minha wishlist em pelo menos umas 3 cores diferentes!

Dá uma olhada:

VERT

VERT

O tênis tem fabricação sustentável e apesar de ser um produto 100% brasileiro, muitos modelos foram inspirados no lifestyle parisiense. Além de vender na Choix os tênis também estão a venda nosite da marca, lá você também poderá conferir as outras cores.

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Mulher Maravilha no mundo da moda

Recentemente cedi aos meus impulsos e comecei a me dedicar a delícia que é colecionar action figures, e foi minha última aquisição que inspirou esse post.

A Mulher Maravilha tem tantos significados, dentro e fora dos quadrinhos, que seria quase impossível ignorá-la quando se trata da moda, afinal é uma imagem tão cheia de referências e significados.

Você sabe quem ela é? Ela é uma super-heroína da DC Comics, nasceu a princesa de Themyscira (às vezes chamada de Ilha Paraíso), e é filha da rainha das amazonas, Hipólita. Sua mãe a criou a partir de uma imagem de barro, à qual cinco deusas do Olimpo deram vida e presentearam com super poderes. Além de tudo isso, foi a primeira mulher da DC Comics, surgindo em 1941.

Ou seja, é princesa, amazona, tem os poderes das deusas gregas, é super heroína e é a primeira em seu tempo!

Eu escolhi algumas das peças mais legais que achei, inspiradas na Mulher Maravilha:

Mulher Maravilha

Carteira com aspecto vintage da Think Geek.

Mulher Maravilha

Sneaker de cano alto Rebook, SHUT UP AND TAKE MY MONEY!!!

Mulher Maravilha

Acessórios da marca nOir Jewelry.

Mulher Maravilha

Esse Converse também é bem lindo, inclusive tem uns de cano alto de outros personagens que eu tô querendo!

Mulher Maravilha

Esse tênis de cano alto da Spring Court também tem seu charme, mas o Rebook roubou meu coração! hahaha!

Mulher Maravilha

Apenas amo essa coleção da Thais Gusmão inspirada na Mulher maravilha que depois evoluiu e trouxe estampas de outros personagens da DC Comics. Os pijamas e lingeries são lindos, inclusive estou com a loja online aberta aqui em outra aba comprando algumas coisinhas!

Mulher Maravilha

Essa sapatilha, também da Thais Gusmão, é irresistível para quem curte ou não a Mulher Maravilha. Coisa Linda!

Isso é o que eu chamaria de super moda!

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.