Galeria: Looks monocromáticos plus size

Na moda o conceito de monocromático é baseado em looks compostos por mais de uma peça da mesma cor ou do mesmo tom. Ainda que no momento as tendências estejam bastante voltadas para combinações de cor inusatadas, color blocking e mix de texturas e estampas, os looks monocromáticos continuam em alta.

Apesar de não serem necessariamente mais discretos, eles são fáceis de compor e com certeza são um statement.

Eu sei que há anos vocês têm ouvido que cores vibrantes não deveriam ser usadas por mulheres gordas, mas a minha missão é confirmar a máxima de que regras foram feitas para serem quebradas.

Confira uma galeria de mulheres gordas arrasando em looks monocromáticos:

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Joãozinho

Em meados da década de 1990, no auge da era “Patricinhas e Mauricinhos”, dos cabelos longos com cortes repicados e franjas falsas, tingidos com mechas e luzes excessivamente marcadas, quando o delineador labial era mais escuro que o batom,  todo mundo usava brincos de argola e meias de ginástica com legging e keds estavam em todos os lugares. Eu posso ver a cena como se fosse hoje, eu, usando jeans,camiseta e tênis de basquete, sem maquiagem e com um cabelo curtíssimoooooooo!

Veja bem eu não era rebelde, mas meu cabelo era. E não que eu fosse anti-moda, mas eu simplesmente, e até os dias de hoje, não consigo entender por que as pessoas usam roupas de ginástica para sair na rua, a não ser que de fato elas estejam indo para a ginástica.

O tempo passa e a menina estranha do cabelo curto, continua de cabelo curto. A diferença entre a Nicole estranha dos anos 1990 e a de agora?
O corte de cabelo é TENDÊNCIA!

Erika Palomino

Erika Palomino

Carey Mulligan

Carey Mulligan

Emma Watson

Emma Watson

Agyness Deyn

Agyness Deyn

Morena Baccarin

Morena Baccarin

E aposto que têm muito mais beldades espalhadas por aí com o cabelo bem curtinho!

Vantagem: Economizo no John Frieda
Desvantagem: Não tem cabelo pra “bater cabelo”

Mas eu amo, sempre fico com o cabelo pronto em segundos! Me sinto mais bonita e o look segura muito mais tempo. Além de tudo é bem mais dificil ter um bad hair day!
Mulheres de cabelos curtos, uni-vos!

*imagens: Reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.