Fatos curiosos sobre a moda

A história da moda é longa e cheia de momentos marcantes e eventos inesquecíveis, sempre haverá alguém em algum momento na história que tomará uma decisão fashion no mínimo curiosa pelos mais diferentes motivos.

Pesquisando por aí encontrei 18 desses fatos curiosos e compilei nesse post para vocês:

Fatos curiosos sobre a moda

1 – As calças caídas, usadas por muitos anos como elemento essencial do streetstyle tem origem nas prisões de Los Angeles, Califórnia, onde os presos eram proibidos de usar cintos.

Fatos curiosos sobre a moda2 – A invenção do carro influenciou a moda feminina nos anos 1900, a saias se tornaram mais curtas para facilitar que as mulheres entrassem nos carros com facilidade.

Fatos curiosos sobre a moda

3 – É possível produzir 215 pares de calça jeans com apenas um fardo de algodão.

Fatos curiosos sobre a moda

4 –  Existem cerca de 40 fashion weeks diferentes, em cidades diferentes ao redor do mundo durante o ano todo. As maiores continuam sendo as de Nova Iorque, Londres, Milão e Paris, chamados no mercado de Big Four.

Fatos curiosos sobre a moda

5 – A Era moderna do perfume começou em 1921 com o lançamento do Chanel No. 5, de Coco Chanel, a fragrância flora exótica foi criada por Ernest Beaux.

Fatos curiosos sobre a moda

6 – A primeira edição da revista Vogue foi publicada em 17 de dezembro de 1892.

Fatos curiosos sobre a moda

7 – O Crocodilo da Lacoste foi o primeiro logo de uma marca a aparecer em uma peça de roupa.

Fatos curiosos sobre a moda

8 – O sutiã foi criado por uma jovem socialite chamada Mary Phelps que, cansou de ver sua camisola aparecendo por baixo da roupa. Ela usou lenços de bolsos para criar o primeiro modelo rudimentar que foi patenteado em 1914. As mulheres do mundo todo amaram o primeiro sutiã, mais tarde uma mulher chamada Ida Rosenthal desenhou sutiãs com tamanhos de bojo diferentes.

Fatos curiosos sobre a moda

9 – Fashion designers dos anos 1500 exibiam seus designs costurando versões no tamanho de bonecas que usavam em seus “desfiles”.

Fatos curiosos sobre a moda

10 – As noivas se casam de branco por causa de Napoleão e Josefina, que pediram que as roupas para a coroação fossem confeccionadas em branco, para indicar pureza, no momento da coração eles revelaram ao papa que ainda não estavam casados, assim oficializaram a união com as roupas da coroação. O fato se transformou em hábito, antes disso as pessoas se casavam com roupas de qualquer cor.

Fatos curiosos sobre a moda

11 – Os pijamas tem bolso por causa dos faraós, que eram mumificados com os pijamas, no bolso esquerdo era colocado um escaravelho, considerado sagrado, que simbolizava a morte e o renascimento. 6 mil anos depois o pijama continua tendo bolso e ele continua sendo feito do lado esquerdo.

Fatos curiosos sobre a moda

12 – A primeira a aparecer publicamente vestindo calças foi a atriz alemã Marlene Dietrich, nos anos 20.

Fatos curiosos sobre a moda13 – O salto Anabela feito de cortiça surgiu em 1936 durante a 2ª Guerra Mundial. Salvatore Ferragamo, percebendo a escassez de matéria prima se apropriou de rolhas velhas de vinho para produzir os saltos.
Fatos curiosos sobre a moda
14 – As saias são a segunda peça mais antiga de roupa do vestuário na história da moda, mais velha do que ela somente as túnicas feitas com pele ou couro animal.

Fatos curiosos sobre a moda

15 – Os primeiros artigos do vestuário não eram costurados, eram unidos ao corpo com laços ou nós, por causa disso não saiam facilmente, uma prova de que as roupas eram artigos utilitários e não de estilo.

Fatos curiosos sobre a moda

16 – Na Roma antiga, roxo era uma cor de muito valor, era tão importante que havia uma lei que impedia que pessoas que não fossem imperadores e suas famílias de usar roupas dessa cor.

Fatos curiosos sobre a moda

17 – 6. Uma típica mulher nobre Elizabetana sempre usava dez ou mais itens de roupa de uma vez, o homem Elizabetano também.

Fatos curiosos sobre a moda

18 – A fibra Rayon foi inventada em 1880 como uma substituta mais barata para seda.

Quanto mais eu pesquisei, mais fatos curiosos eu encontrei, então é bem provável que esse post receba uma seqüencia.

Em breve!

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Cinquenta sapatos

Cinquenta sapatos que mudaram o mundo
Chegamos ao último livro da Coleção 50, combinei com vocês que falaria sobre todos eles durante essa semana e cá estamos!

Sejam Melissas ou Dr. Martens, o visual e o estilo destes e de alguns outros sapatos são universalmente conhecidos. No livro Cinquenta sapatos que mudaram o mundo vemos os mais icônicos e mais influenciáveis sapatos de várias épocas, de 1830 até ao design arrojado dos dias de hoje, e assim como os chapéus, vestidos e bolsas, a publicação apresenta uma descrição para cada sapato e fala sobre os designers que os criaram.

Cinquenta sapatos que mudaram o mundo

Salvatore Ferragamo – 1930

Cinquenta sapatos que mudaram o mundo

Nat-2, K&T – 2003

Cinquenta sapatos que mudaram o mundo

Jimmy Choo – em 1998 (Esse sapato se popularizou após um episódio de “Sex and the City”)

Esssa é mais uma celebração do Design Museum ao design, dessa vez para os sapatos da antiguidade até a cultura contemporânea, das sapatilhas, aos tênis e até as plataformas.

Além destes livros, que falam sobre a história do design na moda, a Coleção 50 conta com uma publicação sobre cadeiras e outra sobre carros, ambas valem muito a pena ler!

Vocês gostaram dessa coleção de posts sobre livros?

Cinquenta vestidos que mudaram o mundo
Design Museum
Tradução: Cristina Bazan
Editora Autêntica

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Marilyn

O Livro Marilyn

Em homenagem aos 50 anos do falecimento da musa do cinema Marilyn Monroe, o Museu Salvatore Ferragamo (Florença, Itália) apresenta uma exposição com 50 trajes, incluindo seu sapato favorito da marca Salvatore Ferragamo, nada mais justo, pois atriz foi uma das principais responsáveis pela divulgação e sucesso da marca.

Além da mostra, será lançado um livro de fotos com imagens icônicas e raridades – algumas nunca antes divulgadas – da vida pessoal e profissional da atriz.

Tanto o livro quanto a exposição foram batizados simplesmente de “Marilyn” e têm curadoria de Stefania Ricci e Sergio Risaliti.

Abaixo algumas imagens do livro “Marilyn”:
Em 1929, aos três anos, na praia com a mãe Gladys Baker

O Livro Marilyn

Em 1945, na Califórnia

O Livro Marilyn

Em 1949, fotografada na praia por André de Dienes

O Livro Marilyn

Em 1949, fotografada na praia por André de Dienes

O Livro Marilyn

Em 1956

O Livro Marilyn

Em 1958, no set de ”’Quanto mais Quente Melhor”

O Livro Marilyn

O filho do fotógrafo Milton H. Greene tira uma foto de Marilyn

O Livro Marilyn

Em 1962, comemorando seu aniversário no set de ”Something’s Gotta Give”.

Ela foi dispensada do filme no dia seguinte

O Livro Marilyn

Em 1962, fotografada por Bert Stern

O Livro Marilyn

Em 1962, fotografada por George Barris

O Livro Marilyn

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.