O que os anúncios dizem de verdade

Hank Willis Thomas está estreando a exibição Unbranded: A Century of White Women, 1915 – 2015 e tem como objetivo questionar os ideais de gênero vistos através da publicidade. Essa seria uma sequência da exibição Unbranded: Reflections in Black by Corporate America 1968 – 2008, que consiste em 82 anúncios de revista voltados para um público-alvo negro ou nos quais modelos negros podem ser vistos, com todos os textos e logos removidos da imagem, afim de questionar 100 anos de generalizações raciais na mídia.

Tirando os textos que sobrepõe as imagens vemos tais mulheres completamente expostas; como estar usando somente lingerie enquanto está sendo puxada em cinco direções diferentes por homens completamente vestidos, como escravas ou sendo arrastada pelos cabelos.

Unbranded-A-Century-of-White-Women-exposicao-ocabide

Unbranded-A-Century-of-White-Women-exposicao-ocabide-2

Unbranded-A-Century-of-White-Women-exposicao-ocabide-4

Unbranded-A-Century-of-White-Women-exposicao-ocabide-5

Unbranded-A-Century-of-White-Women-exposicao-ocabide-6

Alguns anúncios são ruins mesmo quando mantemos seus textos, mas aqui vemos alguns exemplos de como nos últimos 100 anos a mulher tem sido apresentada como inocente, pura e privilegiada ao mesmo tempo que completamente marginalizada.

 

Você já imaginou o que um anúncio de cerveja diria sem os textos e os logos, por exemplo?

 

*imagens: reprodução

**fonte

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Nokia Lumia Pink

Nokia Lumia Pink

Não sei exatamente como uma coisa se relaciona à outra, mas a Nokia lançou um esmalte para promover seu novo smartphone Nokia Lumia 900.

As vezes eu tenho muita vontade de perguntar para esses publicitários super  ~criativos~ o que exatamente eles acham que as mulheres pensam…

Mas o esmalte é bonitinho até, um rosa Pink bem vibrante.

*imagem: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Fast food

O mercado da beleza e dos cosméticos é tão influente que acabou servindo de inspiração para uma campanha de fast food!

burger king make

A imagem do make hamburguer foi postada na página do Facebook do Burger King com os dizeres: “E para as senhoras, temos uma dica de maquiagem!”.

Bem humorado no mínimo, com certeza alguém vai fazer um tutorial disso…

*imagem: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.