Vestido de madrinha

Se vocês nos acompanham no Instagram ou no Twitter já devem ter percebido que eu tenho passado muito tempo na região da rua 25 de março ultimamente. O motivo é mais do que especial, meu irmão está prestes a se casar e assim como eu deixo todos os detalhes mais importantes do O Cabide (e todos os meus outros projetos) na mão dele, ele deixou os detalhes do seu dia especial sob meus cuidados!

Além de correr loucamente para criar uma decoração criativa e on a budget eu finalmente arrumei um tempinho para correr atrás de outro detalhe, MEU VESTIDO!

Sou madrinha do noivo (já contei isso nesse post aqui, sobre minha meta de perda de peso para o casamento), e todas as madrinhas vão usar a mesma cor, azul Klein. Eu gosto da cor, fiquei feliz com a escolha da noiva, mas antes de mandar fazer meu vestido (eu quis algo sob medida para ter mais a minha cara e para se adequar melhor a minha situação, ou seja, um corpo que tem perdido bastante peso) eu precisava de referências! Procurei criações de alguns designers que me agradassem por causa do estilo, por se adequarem a situação ou simplesmente por serem lindos. Vamos dar uma olhada?

Lembrando que o casamento será em Maio, portanto pode estar um pouco frio, será a noite e tanto a cerimônia quanto a decoração da festa serão bem contemporâneas!

Sou muito fã do trabalho do estilista Prabal Gurung, acho que suas coleções tem uma elegância descolada e ultra moderna, então escolhi dois vestidos de duas coleções diferentes que seriam perfeitos para esse tipo de ocasião:

Madrinha de casamento

Resort 2013

Madrinha de casamento

Resort 2014

Se você der uma olhada nos desfiles de Elie Saab você vai ver que não só vai encontrar um vestido para cada situação, como também vai encontrar um vestido para cada momento da sua vida. Das fases mais femininas e delicadas as mais minimalistas e austeras. Eu sempre encontro algo para mim quando pesquiso entre os desfiles desse estilista e ele já serviu como referência para outras situações marcantes da minha vida. Eu escolhi dois vestidos completamente diferentes, porém da mesma coleção, um é mais romântico e tem uma pegada mais boho e o outro é totalmente clean.

Madrinha de casamento

Madrinha de casamento

primavera/2014 ready to wear

Uma das celebridades que tem sido mais interessante acompanhar a evolução nos red caperts atualmente é a Emma Watson, que definitivamente não tem medo de arriscar e tá sempre linda! Eu escolhi esse look do Oscar desse ano, em que ela usava um vestido Vera Wang. Achei uma forma interessante de trazer brilho de forma sutil para um vestido longo. Eu não consigo usar nada com muito brilho, então talvez um tecido com um brilho sutil em sua trama seja a solução.

Madrinha de casamento

Audrey Hepburn é referência eterna de estilo e, principalmente por estar com os cabelos über curtinhos, estou querendo muito aquele look do Oscar 1954, com o vestido Givenchy, sabe? Para adaptá-lo eu mudaria o volume da saia e a cor, mas manteria o corte e o cinto, ficaria incrível! Ele também ficaria lindo em um cumprimento midi.

Madrinha de casamento

Fui buscar inspiração no Pinterest, que tem sido meu guia para a decoração da festa, e lá eu vi algumas imagens que fizeram eu me lembrar de um detalhe super importante: o vestido deve ser versátil e confortável, pois com certeza minha noivinha amada vai precisar da sua madrinha na função quebra galhos durante toda a festa!

Madrinha de casamento

Eu já tinha certeza de que ia usar brincos imensos para o casamento antes mesmo de ver os acessórios da Juliana Manzini de perto, agora que vi e estou apaixonada por todos eles só me falta conseguir escolher um par! Você pode adquirir peças da marca na Farfetch e na OQVestir.

Madrinha de casamento

Eu estou super ansiosa para o casamento, vou chorar LITROS no altar, sem sombra de dúvidas! Vou tentar levar minha câmera para fazer umas fotos da decoração e da noiva, que escolheu um vestido tão lindo que eu comecei a chorar já na primeira prova! hehe!

Vocês tem alguma sugestão para o look das madrinhas? Comentem!

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.