Galeria: Amarelo é novo preto

Mesmo que esteja entre as principais tendências da estação, o amarelo ainda é visto como uma cor arriscada para roupas e ainda mais difícil de aceitar na maquiagem.

Hoje vou desmistificar o uso da sombra amarela e depois quero ver muitos looks de vocês no Instagram arrasando sem medo dessa e outras cores vibrantes.

A primeira coisa a levar em consideração é que o amarelo é uma cor universal e que funciona bem em todos os tons e subtons de pele, porque em algum grau todos os tons de pele tem um pouco de amarelo.

Essa é a cor perfeita para um look olho tudo, boca tudo. Mas se você quiser começar aos poucos, use um tom mais pastel no centro da pálpebra o no canto interno. Também vale usar o amarelo como cor de transição para trazer um pouco de luz à um look mais discreto.

A intensidade da maquiagem vai depender da intensidade do amarelo que você escolher. Para quem curte looks mais sóbrios um tom mostarda usado na pálpebra toda, apenas com um pouco de máscara para cílios e um pouco de bronzer nos pontos altos do rosto. Para quem tem um visual mais alternativo vale investir em um pigmento, assim haverá mais cor na aplicação, um pouco de glitter e delineador também são um ótimo complemento. Se você tiver um pouco mais de tempo, acrescente sombras laranja, vinho e pink para criar um look sunset.

Confira algumas maquiagens que vão te inspirar a usar a cor do momento:

Euzinha usando a sombra Hot Singles da Nyx na cor STFU
Euzinha usando a sombra na cor 52, da Mais Vaidosa
Rocio Cervantes usando a paleta Swear by it da Nyx
Alyssa Marie usando a sombra Buttercupcake da Sugarpill
Heather Moorhouse usando as sombras Buttercupcake da Sugarpill e Mustard da Limecrime
Linda Hallberg usando o Mood Crayon na cor Happy Mood, da sua própria marca
Natalia Slowik usando o delineador Vivid Brights da Nyx, na cor Vivid Halo
Jkissa usando a paleta Soft&Sultry da Milani

Onde encontrar sombras amarelas:

Sombra unitária, cor 52, Mais Vaidosa

COMPRE AQUI (R$7,90)

Ultimate Shadow Palette “Brights”, Nyx Cosmetics

COMPRE AQUI (R$85)

Pro Palette Reffil Pan “Chrome Yellow”, da MAC

COMPRE AQUI (R$30)

Se você fizer maquiagens usando sombra amarela, posta no Instagram e me marca para eu repostar no Stories e mostrar mais inspirações para os cabideiros!

Já me segue por lá?
www.instagram.com/ocabide

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Terapia da beleza

Há alguns dias atrás, num momento de desânimo em que eu estava me arrastando pelos cantos de um jeito que nem sapato novo resolveria, decidi juntar alguns produtinhos que ainda não tinha testado e me distrair com o que mais amo: maquiagem. Acabei fazendo uma make completa e compartilhei o processo no Snapchat, no final o humor já tinha melhorado e eu recebi um monte de mensagens com elogios e carinho.

Dia 1

terapia-da-beleza-snapchat-maquiagem-ocabide

Foi tão bacana que acabou rolando de novo e de novo, teve até make inspirado na Siouxsie Sioux!

Dia 2

terapia-da-beleza-snapchat-maquiagem-ocabide-2

Siouxsie Inspired

terapia-beleza-snapchat-maquiagem-ocabide

terapia-beleza-snapchat-maquiagem-ocabide-2

A Terapia da beleza não tem hora marcada e eu nem sei se é algo que quero manter como parte do nosso conteúdo, até porque a parte mais legal é ser espontâneo. Quem irá me dizer se devo ou não continuar são vocês!

Mas eu devo dizer que é terapêutico mesmo, me ajuda a relaxar e esquecer um pouco da vida que anda tão complicada ultimamente. Acho que funciona tão bem por ser um momento totalmente dedicado a mim mesma, e nem tem a ver com beleza (até porque eu nunca uso a maquiagem depois, só faço algumas fotos e depois lavo o rosto).

Ainda estamos em janeiro e já tenho certeza que maquiagem vai ser MUITO presente n’O cabide esse ano. No começo de janeiro eu falei sobre como eu achava que em 2016 O Cabide seria ainda mais uma extensão de mim e eu acho que falarmos mais sobre maquiagem é um reflexo disso.

 

Não esqueça de adicionar O Cabide no Snapchat!

snapcode

Tire um foto do ícone acima com o aplicativo do Snapchat ou nos adicione pelo nome: ocabide.

Geralmente eu aviso que vai rolar Terapia da beleza lá no Twitter (@ocabide), um pouco antes de começar. Vocês gostariam que avisasse em alguma outra rede social?

 

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Mythbuster da maquiagem|Tudo que você quer saber sobre maquiagem HD

Maquiagem. Uma paixão.
Quem nunca entrou em uma perfumaria para comprar um esmalte e saiu de lá carregada de coisas? SEM-OR!
Principalmente, quando lemos uma matéria ou uma resenha super interessante dizendo que o produto X que acabou de ser lançado é a maior revolução do mercado. Ou a vendedora te conta que o produto é MARA, quase um milagre! Aí a gente pega o esmalte, pega o produto X, mais um batom, uma máscara de cílios, o shampoo e lá vamos nós… Mas ao chegar em casa é que vamos ver se é tudo isso mesmo. E na hora você pode pensar: “Será que essa tecnologia toda dita é real ou eu fui enganada por mais uma pegadinha da galera do marketing, que criou a estratégia certeira para eu comprar o produto?”
Pensando nisso, resolvi desvendar mais um mito: a maquiagem HD.
Para conseguir entender o conceito da maquiagem HD, vamos falar um pouquinho sobre o cinema.
A maquiagem e o cinema sempre trabalharam juntos. No início do cinema devido as deficiências existentes na iluminação, a maquiagem cumpria um papel fundamental – na verdade ainda cumpre, não é mesmo? – aumentando o contraste, criando volumes onde era necessário e escondia o que não deveria ser mostrado. Estamos falando do cinema preto e branco, em especial. Nessa época, os produtos eram bem mais “pesados”, prejudicavam a pele até.
Conforme a imagem foi evoluindo, as tecnologias no mundo da beleza acompanharam esse processo também.
Com a chegada do vídeo digital e os diversos formatos de exposição (Laser Disc, DVD, Blue-Ray, etc), a maquiagem teve de se adaptar novamente para chegar a essa “leitura”. Criamos assim, novos conceitos de TV e de maquiagem. Surgia aí a TV HD e a Maquiagem HD.  O termo HD é uma abreviação das palavras High Definition (Alta definição, em tradução livre).
A maquiagem HD funciona muito bem para fotos, vídeos, para quando temos uma super festa e vamos nos deparar com fotógrafos, por exemplo. A proposta dessa maquiagem é criar uma pele perfeita sem a aparência de estar com muita maquiagem por conta dos cosméticos. Apenas uma pele radiante e belíssima.
Os pigmentos e demais componentes presentes na fórmula da maquiagem HD são micronizados. Ou seja, os ‘ingredientes” da maquiagem são misturados diversas vezes (muitas mesmo), de forma que eles se tornam micropartículas. Essas micropartículas se aderem a nossa pele de maneira praticamente imperceptível. Com isso, temos o efeito de pele coberta e corrigida, mas de maneira ultra natural. A pele acaba ficando com uma textura bonita.
pele sem primer e com Primer
Na rotina básica de uma maquiagem a ordem é: limpar a pele, hidratar e aí começar a maquiagem.
Se repararmos, ultimamente não abrimos mão de um item na hora da maquiagem, o primer.
O primer é o melhor produto para exemplificar o conceito da maquiagem HD.  Ele cria primeiro sensação de pele bonita, criando uma película sobre a nossa pele que irá disfarçar as nossa linhas de expressão mais aparentes, nos dando a sensação de poros menos dilatados. Por conta dessa película e desse disfarce óptico, ele irá ajudar a controlar a oleosidade e manter a maquiagem no lugar. Basicamente, essa é a função do primer na hora da maquiagem. Mas vale lembrar, não adianta eu aplicar o melhor primer do mercado, se minha pele não estiver bem cuidada ou limpa.
O processo de maquiar com produtos HD é similar a pintar um quadro ou um carro: aplicamos primeiro um produto para preparar a tela e depois vamos colocando uma camada de tinta sob a outra. E não são necessários “quilos” de produto para atingir o efeito da pele bonita. Na verdade, na maquiagem HD, o menos é mais.

Há uma infinidade de produtos de tecnologia HD disponíveis no mercado, bases, pós faciais, blushes, batons, sombras. Mas também encontramos novas forma de maquiar com essa tecnologia, como por exemplo, a técnica de air brush; onde uma pistola (aerógrafo) com produtos específicos é ligada a um compressor de ar que produz jatos de tinta direcionados aos pontos que se deseja maquiar. O efeito é bem legal, e também permite maquiagem corporal, por exemplo. O air brush é muito utilizado para maquiagens de efeitos especiais e maquiagem cenográfica.
Marcas como Make Up For Ever, Kryolan, Temptu, Smashbox, NYX, entre muitas outras, são ótimas para compras produtos de maquiagens HD. Mas, devido a difusão da tecnologia, já encontramos outras empresas que fabricam produtos HD com um valor bem mais em conta.
Mas Ju, e a maquiagem 3D, é a mesma coisa que a HD? Funciona?
Não. A maquiagem 3D é sim, uma pegadinha para venda. Maquiagens denominadas 3D, são maquiagens com uma grande concentração de mica. Ou seja, são maquiagens que tem muito brilho na sua fórmula. Por brilharem muito, os fabricantes dizem que dão o efeito de “saltar aos olhos” como no 3D. Sendo assim, a maquiagem 3D é um mito.

Já a maquiagem HD é uma (feliz) realidade!Um mito derrubado e um fato consumado.

 
Gostaram? Já usaram produtos de tecnologia HD? Se sim, o que você usou e o que achou?
É maquiadora por formação e por paixão, formou-se em Maquiagem Profissional. Editora do blog A Juliana Não Quer Sambar, acredita que toda boa conversa deve vir acompanhada de uma xícara de café. Gosta de boa música, ama seus gatos, – Amy, Aretha e Frank – e um bom e velho Rock and Roll.

Sombras da noite

Sombras da noite

O filme Sombras da Noite do diretor Tim Burton, protagonizado por Johnny Depp, estreou recentemente e quem já conferiu a comédia deve ter reparado nas maquiagens das personagens interpretadas por Michelle Pfeifer, Eva Green e Helena Boham Carter.

Inspirada no visual das atrizes no filme a NYX lançou o estojo Dark Shadows, com 24 tons de sombras, com variações cintilante e matte.

A linha também contará com uma cartela de blushes e batons.

As cartelas vêm em formato de box, com um DVD especial, o estojo vem acompanhado de espelho e conta ainda com iluminador, delineador líquido e primer HD.

Já está disponível nos pontos de venda, com preço sugerido de R$190.

*imagem: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.