Cinquenta sapatos

Cinquenta sapatos que mudaram o mundo
Chegamos ao último livro da Coleção 50, combinei com vocês que falaria sobre todos eles durante essa semana e cá estamos!

Sejam Melissas ou Dr. Martens, o visual e o estilo destes e de alguns outros sapatos são universalmente conhecidos. No livro Cinquenta sapatos que mudaram o mundo vemos os mais icônicos e mais influenciáveis sapatos de várias épocas, de 1830 até ao design arrojado dos dias de hoje, e assim como os chapéus, vestidos e bolsas, a publicação apresenta uma descrição para cada sapato e fala sobre os designers que os criaram.

Cinquenta sapatos que mudaram o mundo

Salvatore Ferragamo – 1930

Cinquenta sapatos que mudaram o mundo

Nat-2, K&T – 2003

Cinquenta sapatos que mudaram o mundo

Jimmy Choo – em 1998 (Esse sapato se popularizou após um episódio de “Sex and the City”)

Esssa é mais uma celebração do Design Museum ao design, dessa vez para os sapatos da antiguidade até a cultura contemporânea, das sapatilhas, aos tênis e até as plataformas.

Além destes livros, que falam sobre a história do design na moda, a Coleção 50 conta com uma publicação sobre cadeiras e outra sobre carros, ambas valem muito a pena ler!

Vocês gostaram dessa coleção de posts sobre livros?

Cinquenta vestidos que mudaram o mundo
Design Museum
Tradução: Cristina Bazan
Editora Autêntica

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.