Concurso BtoBe abre inscrições para terceira edição com foco no empreendedores de moda

Preparados para uma nova edição do BtoBe? As inscrições estão abertas desde o dia 1º de setembro, o concurso é ma parceria entre a Casa de Criadores e o Texbrasil (Programa de Internacionalização da Indústria da Moda Brasileira, mantido pela Abit e pela Apex-Brasil) e que tem como principal objetivo a descoberta, capacitação e promoção de novos estilistas empreendedores no mercado internacional.

Dessa vez o concurso será voltado apenas para profissionais já atuantes no mercado e terá uma única categoria: empreendedor de moda. Poderão concorrer empresas de moda de todo o Brasil com no máximo quatro anos de existência legal.

Btobe_Casa-de-Criadores_ocabide

 

“Cada vez mais, direcionamos o BtoBe para a formação de uma mentalidade global em jovens empresas, para que tenham condições de concorrer no mercado internacional desde o princípio de suas atividades. Dentro do projeto, temos excelentes exemplos disso: a Gabrielab, por exemplo, que entrou na edição passada, já conquistou clientes como LuisaViaRoma, na Itália e a Alter, na China. Além disso, temos nomes já consolidados no mercado que começaram e ainda estão no projeto, como Karin Feller, Trendt e Cynthia Hayashi”, detalha Evilásio Miranda, gerente de moda e design do Texbrasil.

“Ao longo de todos esses anos de CdC, percebemos que o mercado precisa de iniciativas que estimulem uma formação mais estratégica. Uma marca não pode investir apenas no lado criativo, ela deve se estruturar de forma abrangente, com uma estratégia sólida”, comenta Andre Hidalgo, diretor da Casa de Criadores.

As inscrições vão até o dia 21 de setembro e podem ser feitas pelo endereço www.texbrasil.com.br/btobe, onde também está o regulamento. Um júri especializado formado por organizadores do concurso e profissionais do mercado irá pré-selecionar cinco trabalhos finalistas, que irão participar de uma exposição durante a 38ª edição da Casa de Criadores, em outubro, na capital paulista. Destes cinco finalistas serão escolhidos dois vencedores, que serão anunciados ainda durante o evento.

 

Ao ingressarem no Projeto BtoBe, as duas empresas vencedoras receberão consultoria, treinamento e mentoria em temas estratégicos para o crescimento, além de apoio à participação em uma ação comercial internacional custeada pela organização do concurso.

ponto-zero-Btobe_Casa-de-Criadores_ocabide

 

Lançado em setembro de 2013, o BtoBe é uma competição anual que veio para substituir o Ponto Zero e ampliar a atuação para profissionais de todo o Brasil. Nas edições anteriores, o projeto incluiu uma categoria para estudantes de moda, que concorriam com uma coleção autoral criada especialmente para o projeto.

 

*imagens e vídeo: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

A Converse modificou o design do clássico Chuck Taylor All Star depois de 98 anos

É muito provável que você, durante sua infância/adolescência, usou e abusou dos clássicos tênis All Star. E, se você é como eu, continua usando mesmo depois de adulto (quase 31 anos nas costas e uso pra sair, pra jogar bola, pra trabalhar, até mesmo pra casar! Veja a imagem abaixo na qual estou no centro, de calças pretas, e meus padrinhos ao meu lado, todos devidamente trajados de Converse Chuck Taylor All Star no dia do casório).

Pequena aulinha de história aqui. A Converse, tradicional fabricante de tênis norte-americano, fundada em 1908, criou em 1917 a linha Chuck Taylor All Star tentando padronizar os calçados utilizados em jogos de basquete. Pra quem se pergunta que foi Chuck Taylor, segue: Charles “Chuck” Hollis Taylor foi um jogador de basquete. Tcha-nãããããn… Chuck Taylor era apaixonado pelos tênis da Converse e os promoveu até o final de sua carreira como jogador. Enfim, o fato é que a Converse lançou o modelo em 1917 e até hoje o manteve com o design geral intacto, modificando apenas cores e diversas padronagens com estampas e séries especiais ao longo do tempo.

Mas o que muita gente não sabe é que a Converse declarou falência em 2003 e foi comprada pela Nike. Então, sem essa compra, os tênis que você usou durante boa parte da sua adolescência sequer existiriam hoje em dia. Com isso na cabeça, continuemos.

Alguns de vocês talvez considerem a atitude de mexer no design de algo tão clássico e atemporal um sacrilégio, tal como uma mudança da fórmula clássica da Coca-Cola ou abaixar os braços da estátua do Cristo Redentor. Mas depois de 98 anos, a Converse está atualizando o já icônico e sempre moderno Chuck Taylor All Star – ou apenas All Star para nós, brasileiros. Por fora, ele é praticamente idêntico ao original; mas por dentro, o Chuck II (que não é a continuação do filme do brinquedo assassino) é muito mais confortável para os seus pés.

Por sorte, a Nike não mexeu muito no design do calçado desde a compra da Converse. E além disso, o Chuck II soa como o melhor dos dois mundos: o estilo clássico da Converse somado à tecnologia avançada da Nike mirando o conforto dos seus pés. E como ele ficou? Veja abaixo.

1353548300619709736

A maior novidade do Chuck II (o nome oficial do modelo) é a inclusão de um material chamado Lunarlon. Desenvolvido pela Nike, esse produto de nome estranho é uma espuma bem leve e elástica que a Nike já usa em seus tênis de corrida e basquete, e que agora será incorporado na sola de borracha dos Chuck II.

1353548300676504616

A Nike alterou também alguns pequenos detalhes no design do Chuck II, incluindo uma lingueta não escorregadia e um forro de camurça perfurado — visível na imagem acima — que ajuda na respiração do seu pé. Isso quer dizer que (teoricamente) os seus pés não vão transpirar tanto quanto antes e seu chulé deverá ser mais moderado também.

Mesmo assim vai ser difícil para a maioria das pessoas perceberem as diferenças entre o clássico Chuck Taylor All Star e o Chuck II — exceto pelo preço. As versões de cano baixo e de cano alto do Chuck II serão vendidas por US$ 15 a mais que as versões originais — US$ 70 e US$ 75, respectivamente. Os primeiros modelos chegam ao mercado americano na próxima terça-feira (28/07/15) nas cores preta, vermelha, azul e branca.

*imagens: reprodução

É publicitário, gestor estratégico e ambiental, empresário, marido, dono de 3 gatos e editor do O Que Não Mata, Engorda. Apaixonado por música, cinema, literatura, automobilismo e ótimos papos com os amigos.

O Cabide por aí: Lançamento da marca ONE.SIX.ONE

Nossa colaboradora, Vivian Farinazzo, esteve no lançamento da marca ONE.SIX.ONE e trouxe todas as novidades para os nossos cabideiros!

Rolou na última terça-feira o lançamento da primeira coleção  da  marca de urban wear. A marca faz parte do grupo Majal, que trabalha com a VANS, Superga, LRG, SANUK e Nixon.

A marca foi idealizada pelo designer e skatista profissional Sergio Garb, inspirado na proporção áurea, o número “1.6.1” representa um valor constante irracional muito usado nas artes, principalmente nas obras renascentistas, que representam a simetria, harmonia e perfeição.

As coleções da ONE.SIX.ONE não vão seguir o calendário de moda e serão divididas pelas seguintes linhas: Goldness Series, que investe na supremacia e sofisticação em calças e camisas de alfaiataria, estruturadas em tecidos de alta qualidade; a Neophites Series, que traz em suas peças uma exclusiva estamparia digital e apresenta o experimental como estilo de vida; as linhas Pathernon Series e Dreams Series, apresentando peças essenciais para o lifestyle urbano, com um olhar sempre atento aos detalhes de cada peça e a Heritage Series, que conta histórias através das peças; há ainda a Nautilus Series que conduz a um universo neo rústico, inspirado na tendência navy, com peças ricas em simbolismos, equilíbrio e leveza para o guarda roupa masculino.

Confiram as fotos que a Vivian fez no coquetel:

*imagens: Vivian Farinazzo

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Celebrands!

O Natal está chegando, tá todo mundo se preparando para as compras e para a ceia engordativa.

E as marcas dão a largada para suas campanhas de Natal.

Uma ótima escolha é o Celebrands, que conta com 7 blogueiras fashonistas hits na internet e também 7 celebridades. E toda ação é voltada para ajudar o IBCC.

Celebrands

Nem todos os participantes já foram divulgados, mas o Brandsclub já divulgou alguns.

Quer saber quem caiu na dança?

Vem comigo!

As blogueiras:

Thatiana Ventri

Sílvia Freitas

Heloísa Gomes

Fernanda Rolim

As celebs:

Tammy Di Calafiori

Cássio Reis

Paloma Bernardi

Suas compras de natal a um clique de você!

Se joga!

*imagem: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.