A história da máquina de costura

maquina-de-costura-historia-moda-ocabide-2

*Thomas Saint, 1790

O alfaiate francês Barthélemy Thimonnier (1793-1857) pensou na invenção da máquina de costura, em 1840, quando observava a forma de trabalhar das costureiras de Lyon que empregavam uma técnica rapidíssima, o ponto de cadeia. A sua primeira Coseuse (cosedeira) foi fabricada em 1829 e adotava este método, o aparelho dava 200 pontos por minuto, enquanto manualmente se faziam 30, no entanto, a inovação não foi muito bem aceita por parte de alguns trabalhadores que destruíram 80 máquinas e obrigaram o inventor a abandonar Paris.

maquina-de-costura-historia-moda-ocabide-3

*Elias Howe, 1845

Mas não foi só  Thimonnier que quis mecanizar a costura, Thomas Saint foi o primeiro a conceber a costura feita à máquina em 1790, muitos outros inventores tentaram aperfeiçoar e patentear a ideia ao longo dos anos:

  • Josef Madersperger fez a primeira máquina verdadeira para fazer costura, tanto conhecida como realmente usada.
  • A primeira máquina americana a ser efetivamente fabricada foi a do Rev. John Adams Dodge.
  • Barthelemy Thimmonier foi o primeiro a produzir máquinas de costura em quantidades comerciais e colocá-las em uso prático.
  • A Walter Hunt pertence a honra de ter sido o primeiro a combinar uma lançadeira e agulha com olho na ponta para fazer uma costura fechada prática.
  • John A. Bradshaw aperfeiçoou a primeira máquina de fabricação americana a ser vendida em quantidades comerciais.
  • Elias Howe Jr. foi o primeiro a patentear uma máquina tendo uma agulha com olho na ponta que transportava um fio contínuo e fazia costura fechada.
  • John Bachelder desenvolveu e patenteou a primeira máquina de alimentação contínua.
  • Lerow e Blodgett inventaram a primeira lançadeira de movimento contínuo girando num plano horizontal.
  • Allen B. Wilson contribuiu com o gancho rotativo e a alimentação de quatro movimentos em 1851.
  • William O. Grover concebeu o dispositivo de ponto corrente de dois fios também em 1851.
maquina-de-costura-historia-moda-ocabide-4
* Isaac M. Singer, 1851

Zsaac Merrit Singer tomou alguns dos princípios inventados por outros, combinou-os no mais prático arranjo, acrescentou características importantes de seu próprio projeto e deu ao mundo a primeira máquina de costura verdadeiramente prática.

No século passado, cerca de 46.000 patentes de máquinas de costura de várias espécies foram emitidas. Hoje, The Singer Company, a maior empresa na indústria de máquinas de costura, produz cerca de 250 modelos diferentes em todo o mundo.

maquina-de-costura-historia-moda-ocabide-5

A eletricidade e rolamentos aperfeiçoados aumentaram a velocidade na costura. Uma máquina de costura de uso doméstico pode fazer até 1.500 pontos por minuto. Já algumas de uso industrial chegam a fazer 7.000 pontos por minuto.

Agora larga o celular, sente-se a frente de sua máquina e faça uma roupinha cheia de histórias para contar!

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Dicas de costura

Aprendi a costurar durante a faculdade, lá eu usava máquinas industriais, em casa eu tinha uma Singer com uns 30 anos de idade que tinha sido de uma tia da minha mãe (e era incrível) e no curso livre que fiz na época usava uma máquina caseira também, porém mais atual.

Isso tudo já faz tempo, fiquei bastante tempo sem costurar depois que me formei, lembro bem que eu até gostava de costurar mas perdia a paciência rapidinho. Acho que a obrigatoriedade dos trabalhos e a pressão de todo mundo que achava que estudar moda era igualzinho um episódio de Project Runway, estragavam um pouco o hobby de costura.

Mas eu nunca deixei de gostar, e no final do ano passado ganhei do meu pai uma máquina novinha, minha primeira máquina. Eu amei!

E tenho me sentido mais empolgada para costurar, tanto que quero voltar a estudar costura. Mas enquanto a oportunidade (tempo+dinheiro) para um curso não vem, tenho usado a internet como professora para meus projetos, e queria compartilhar algumas dicas de costura que encontrei no meio do caminho, itens básicos para desenvolver uma peça, seja ela qual for.

Por exemplo, quando eu estudava costura usava uma máquina para cada função (reta, overlock e galoneira), mas nas máquinas caseiras você tem que escolher o ponto certo para realizar cada tipo de acabamento:

https://www.youtube.com/watch?v=Mj6EgCmfZWI&x-yt-ts=1421914688&feature=player_embedded&x-yt-cl=84503534

Se você estiver desanimado com suas habilidades escolha um projeto simples, que seja fácil de concluir, se você começar por projetos mais elaborados o risco de não ter um bom resultado pode te desanimar. Veja no vídeo como é fácil fazer uma saia com pala:

Se você anda perdendo muito a paciência com a sua máquina de costura, o problema pode não ser sua paciência. Máquinas de costura exigem cuidados e manutenção constante, quanto mais você usa, mais precisa prestar atenção nas necessidades da máquina:

E tem sempre aquelas dicas de mãe/tia/vó para facilitar o cotidiano:

Dicas de costura

Pregue botões de quatro furos com pontos paralelos. Se um lado soltar, o outro permance preso à roupa.

Ao costurar tecidos leves, dê um nó apenas em uma ponta da linha. Em tecidos grossos, junte as duas pontas.

Para melhorar o caimento de saias, calças e vestidos pendure-os em um cabide antes de fazer a bainha.

Costurar bem a mão é indispensável, os pontos mais usados são:

  • Chuleio Usado para remate, deve ser costurado sem tensionar muito o fio.

  • Corrido Uniforme e menor, ele é indicado para consertos delicados.
  • Alinhavo Ponto temporário, ideal para marcar a costura de bainhas e punhos.

Por último, mas não menos importante, meus sites de costura preferidos:

www.superziper.com

www.youtube.com/SingerdoBrasil

www.clubinhodacostura.com

www.blogforbettersewing.com (esse site está em inglês, mas vale o clique, ela tem modelagens e tecidos lindos a venda no Etsy e no Butterick, ambos entregam no Brasil)

www.tillyandthebuttons.com (também em inglês, confira os tutoriais, são simples e as peças são lindas)

Espero que as dicas sejam úteis!

*imagens e vídeos: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.