As 10 maquiagens que marcaram época   

Você já precisou de dicas de maquiagem? De buscar inspiração para se destacar naquela super festa? Então, este post é para você. Não diremos como fazer a maquiagem, mas mostraremos as maquiagens que marcaram época, assim, quando precisar, é só voltar aqui e encontrar o que precisa.

 

Anos 20 – A mágica do batom!

Na década de 20, as mulheres começaram a participar economicamente da sociedade, em maior escala. Dessa forma, a maquiagem foi um artifício para marcarem presença nessa reformulação social, representando sua liberdade. Surge, então, a maquiagem mais utilizada até hoje: o batom bastão.

Maquigem 01

Atriz Gloria Swanson, década de 20

 A maquiagem era focada nos lábios e nos olhos, desenhando um coração na boca e uma sombra esfumaçada acima dos olhos, dando um ar atraente, misterioso e provocativo. Uma das grandes representantes dessa época foi a atriz Gloria Swanson.

Anos 30 – Cinema e glamour

Período entre guerras e de crise econômica nos Estados Unidos, a vida real estava abalada e desacreditada. Começaram a surgir efervescer ainda mais grupos cinematográficos, trazendo looks deslumbrantes e dando mais atitude para a mulher.

O visual era de sobrancelhas finas e arqueadas. O batom já não era tão forte como nos anos 20, pois o consideravam “vulgar”. A ideia era ter elegância. Os cílios eram curvados e com várias camadas de máscaras. A artista Greta Garbo foi uma das mulheres mais inspiradoras da década.

Maquigem 02

Greta Garbo, anos 30

Anos 40 – Femme Fatale

As características de beleza mais valorizadas nos anos 40 eram a feminilidade e as curvas. Roupas com cores pastéis, cintura marcada, decotes e maquiagem carregada foram o visual da época. Hoje, esse look é conhecido como “lady like”, que se refere àquele ar vintage feminino.

O batom usado era, geralmente, bem vermelho, os olhos bem destacados, e as sobrancelhas fortes.

Maquigem 03

Rita Hayworth, anos 40

Anos 50 – Viva a naturalidade!

Os anos 50 foram marcados pelo rock de Elvis Presley, revoluções tecnológicas, como as transmissões de televisão, e a Guerra Fria. Esses e outros acontecimentos causaram uma transformação comportamental.

As mulheres estavam adquirindo mais segurança e naturalidade, começando a se expor mais. O batom vermelho continua sendo importante no look, onde o delineador e o rímel ganham lugar fixo. Surge então o estilo pin-up, que até hoje muito utilizado. Quem fez muito sucesso e ganhou espaço na história, foi a atriz Marilyn Monroe.

Maquigem 04

Marilyn Monroe, anos 40

Anos 60 – Olhos e olhares!

A maquiagem dos anos 60 focava nos olhos. Os estilos e produções nessa época eram diversos, mas o traçado no estilo “gatinho” era um dos mais utilizados. As sobrancelhas já podiam ser mais grossas, e de desenhos diferentes, não só finas e arqueadas. Os cílios postiços também ganham espaço. O batom já não é mais aquele vermelho carregado, mas uma cor mais clara, para não tirar a atenção dos olhos. Uma das grandes expressões da época foi a modelo e atriz belga Audrey Hepburn, considerada uma das artistas mais bonitas da história do cinema hollywoodiano.

Maquigem 05

Audrey Hepburn, anos 60

 Anos 70 – Cores e mais cores

Na década de 70, surge o movimento hippie, contrariando a ideia do que era convencional. Na hora de se arrumar, valia de tudo que lembrasse conforto, liberdade e natureza na hora de se arrumar. As cores ganham força, e o delineador e o rímel já não eram mais tão usados. Sombras no verde, azul e rosa passaram a ser muito frequentes nas ruas e nas telas de cinema. Sem contar com o brilho, muito brilho.

Maquigem 06

Maquiagem anos 70

Anos 80 – Hora de usar tudo!

Se nos anos 70 as cores tomaram conta, deixando de lado a maquiagem pesada, nos anos 80 foram valorizadas as cores, batons em tons fortes e uma grande tendência: sombras em degradê. A mulherada abusava das cores, inclusive, do cinza e do marrom, que eram pouco utilizados na década anterior. Outra coisa que surgiu foram os cílios alongados e coloridos.

Essa tendência surgiu depois que as mulheres começaram a conquistar sua autonomia, pois elas começaram a entrar maciçamente no mercado de trabalho. O jeans adquiriu seu lugar no vestuário feminino, dando um ar básico e mais sério para o trabalho, e deixando então, a versatilidade de cores para os cabelos e rosto. Assim, pegue todas as maquiagens e estilos já ditos aqui, e misture. O resultado é uma mulher dos anos 80.

Maquigem 07

Anos 80

Anos 90 – Básico e rebelde!

Os anos 90 quebraram todo aquele exagero da década de 80, fazendo com que o público feminino percebesse que não era preciso “tudo aquilo”. A beleza natural começou a ser mais valorizada. As cores utilizadas na maquiagem passaram a ser mais neutras e sem tanto brilho.

Maquigem 08

Julia Roberts nos anos 90

 Anos 2000 – Depende do dia!

A virada do século trouxe mais autonomia ainda para “o que eu quero vestir e como eu quero me maquiar”. Produtos novos não faltaram, e todos sempre buscavam referência nas décadas anteriores. Era uma mistura de tudo o que passou, mas com a autonomia de “hoje quero isso, amanhã quero aquilo”.

Maquigem 09

De 2010 para cá: tecnologia!

Atualmente, as referências continuam sendo todas as que passaram, mas cada vez mais a tecnologia está presente. Inventando um batom mais resistente, uma cor mais intensa, um rímel mais incrível que o anterior, e assim vai. A qualidade é o fator mais levado em consideração, pois a liberdade é toda da mulher. Todos os tipos de beleza têm espaço. Claro que sempre tem uma tendência surgindo no mercado e, para quem ama maquiagem, isso é um prato cheio para ficar sempre atualizada e por dentro do que está na moda.

Maquigem 10

Espero que tenham gostado! Mas lembrem-se, o mais importante mesmo é se maquiar de uma forma que faz com que você se sinta bem, independente se está na moda ou não.

 

 

Este post é uma contribuição da Época Cosméticos para o Blog O Cabide.

*imagens: reprodução

Truth or Dare

truth or dare

Em 2012 a cantora Madonna lançará uma nova linha de roupas, sob a marca Truth or Dare by Madonna, cujo nome imita o título do popular documentário sobre a cantora, Madonna: Truth or Dare (1991), essa será a terceira coleção de roupa associada a artista, que em 2010 0 lançou a grife Material Girl, e em 2007 se associou à cadeia européia H&M para apresentar desenhos exclusivos.

A coleção será voltada a mulheres com idades ente 27 e 50 anos, a MG Icon se associará exclusivamente à loja de departamento Macy’s para o lançamento da marca nos Estados Unidos, e as peças serão postas à venda de forma simultânea em todo o mundo.

A marca também incluirá em seu mix de produtos: perfume, calçados, bolsas, peças íntimas e acessórios.

*imagem: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.