Hèrmes vintage

Enquanto ainda ouvimos ressoar o burburinho da semana de moda em Paris, encontrei essas imagens incríveis de uma coleção de vestidos pintados à mão da Hèrmes, fotografados por Gordon Parks e guardados como um tesouro nos arquivos da revista Life.

Os vestidos são da coleção da primavera de 1952, eram minimalistas, de silhueta super clean, com destaque total para o Trompe L’oeil pintado à mão. Um pouco mais tarde os vestidos seriam copiados, com sua devida autorização, pelo estilista americano Herbert Sondheim, que os fez em viscose tecida para parecer linho, disponíveis em quatro cores, branco, marinho, preto e cobre, e os vendia por $29.95.

Um exemplo perfeito de como a simplicidade pode ser impactante:

 

 

*Arquivo da Life

**imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Nina Leen

As imagens vintage que cismei de postar lá na nossa página tomam cada vez mais espaço aqui no blog, dessa vez vou falar um pouquinho de Nina Leen.

Nascida na Rússia, a fotógrafa foi uma grande colaboradora da revista Life. Ela é famosa pela presença de animais em suas fotos, e por trazer um ar mais elaborado e intelectual para fotos de moda.

Suas imagens também retratavam os EUA pós guerra através de imagens tecnicamente bem desenvolvidas, a fotógrafa presava por ângulos e composições bem feitas.

Encontrei esse editorial para Life que mistura todas essas características da fotógrafa:

Nina Leen

Nina Leen

Nina Leen

Nina Leen

Nina Leen

Nina Leen

Nina Leen

Nina Leen

Nina Leen

Ao longo dos anos a fotógrafa foi responsável por mais de 50 capas e contribuiu para inúmeros editoriais ao redor do mundo, incluindo uma série que fez para contar a história de seu cãozinho Lucky, que começou no ano de 1949 e que acabou virando livro (own! ?). Ela documentou a juventude entre os anos de 1940 e 1950, assim como a realeza inglesa, modelos de moda e atrizes.

Ela continuou publicando seu trabalho em forma de livros até 1981, faleceu em 1995 sem que ninguém soubesse ao certo em que ano ela havia nascido, ela manteve sua idade em segredo durante toda sua vida!

Confira mais do trabalho de Nina Leen para Life: life.time.com/nina-leen

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.