Cabelo e arte

Geralmente editoriais de moda ficam famosos pela beleza das modelos, que muitas vezes aparecem com seus cabelos longos, ondulados e esvoaçantes, mas é sempre bom ver uma beleza criada para ser a exceção.

Das páginas das renomadas revistas de moda, até as passarelas de Paris, Milão, Londres e Nova Iorque, em todo o canto em que uma proposta conceitual de beleza seja bem vinda, lá estão os cabelos esculturais, desenvolvidos como arte, tomando a indústria da moda de surpresa.

Cabelo e arte

,

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Wig – homenagem a modelo inglesa Twiggy

Novidade para as paulistanas, mais um cantinho gostoso de conhecer e ainda colocar a beleza em dia , o Wig ,um salão que homenageia a modelo inglesa Twiggy, um dos maiores ícones de estilo dos anos 60, tem como proposta unir moda e beleza em um ambiente intimista e aconchegante, que em nada lembra o minimalismo padronizado dos grandes salões.

Instalado no interior de uma charmosa casa no bairro dos Jardins, em São Paulo, mesmo local onde funciona a loja Diva da estilista Andrea Ribeiro, o Wig. oferece, além de corte, penteado, tratamentos de reconstrução e nutrição e maquiagem, o serviço gratuito de visagismo, que tem como objetivo identificar os pontos fortes e valorizar a beleza natural, adaptando as futuras transformações ao estilo de vida de cada um.

Entre as especialidades do hair stylist, destaca-se a técnica Free-Hands, que reconhece o movimento e caimento natural do cabelo antes da aplicação de qualquer coloração, evitando retoques desnecessários e marcas indesejadas.

Salão Wig

Salão Wig

Salão Wig

Confira alguns trabalhos:

Salão Wig

Última campanha – Absurda (www.absurda.com)

Salão Wig

Salão Wig

*imagens: divulgação

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.