Resumo da Semana #15

Tivemos duas semanas sem Resumo da semana, a correria e uma gripe insuportável me dificultaram um pouco a minha agenda de postagens, mas estamos de volta!

Uma onda de preguiça e procrastinação tomaram a minha semana e de repente já é sexta feira, isso aconteceu com mais alguém?

Mesmo assim essa semana acabou bem linda com a legalização federal do casamento gay no EUA que transformou as redes sociais em um verdadeiro arco íris. O Amor venceu!

Então muda a sua foto de perfil e vem comigo:

 

Michael Kors é processada por fraude em preço de produtos: http://bit.ly/1Gz7uNd

Empregos caem na indústria têxtil: http://bit.ly/1Gz7JrA

Aconteceu em São Paulo a feira Salão Moda Brasil: http://bit.ly/1Gz7RY4

Você usaria um cadeado para representar o seu amor? http://bit.ly/1Nlf7e6

Instagram passa a tr busca por local: http://glo.bo/1IiHCts

Jeremy Scott, estilista da Moschino, ganha documentário: http://bit.ly/1Gzbrl3

Editora Globo (Foto: Editora Globo)

Givenchy divulga imagens oficiais da campanha com Donatella Versace: http://glo.bo/1GzbJs4

Marisa, Riachuelo, Renner e C&A demitem 1,2 mil em SP: http://bit.ly/1GzceSX

150 confecções fecharam as portas em SP: http://bit.ly/1Jb67HQ

Tim Gunn e Heidi Klum, apresentadores do Project Runway (Foto: Reprodução)

Project Runway ganha versão mirim: http://glo.bo/1NljHt0

Grace Coddington vai lançar dois livros entre esse ano e 2016: http://ptsco.jp/1KhkVHJ

Rolou protesto no desfile de Rick Owens: http://bit.ly/1Nlkz0v

Louboutin expande linha The Nudes para contemplar mais tons de pele: http://glo.bo/1NmAjky

Coruripe ganhará Polo Têxtil que beneficiará 100 costureiras locais: http://bit.ly/1BU66s4

Modelos apoiam animais: http://glo.bo/1e7YWFe

 

Bom final de semana, lindezas!

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Catwalk

Nós sempre falamos em livros sobre moda mas, raramente falamos sobre filmes de moda. E não, eu não me refiro a Bonequinha de luxo ou Sex and the city, existem muitos outros baseados na moda, que viraram moda ou sobre a moda, como ela é feita, usada ou fotografada.

Percebi que há poucas publicações falando sobre o filme Catwalk, então ele será o tema do meu post sobre moda para assistir.

Catwalk

O filme dirigido por Robert Leacock tem um elenco fashionista de peso, são muitos os nomes da moda que estrelam longa, entre eles Christy Turlington, Azzedine Alaïa, Giorgio Armani, Naomi Campbell, Helena Christensen, Grace Coddington, Cindy Crawford, Linda Evangelista, Gianfranco Ferré, John Galliano, Valentino Garavani, André Leon Talley, Jean-Paul Gaultier, Karl Lagerfeld, Isaac Mizrahi, Gianni Versace e Anna Wintour.

Ufa! Deu para perceber que todo mundo que é relevante na cena fashion deu pinta no filme, e esses nem são todos os nomes inclusos no casting!

O documentário da década de 1990, 1995 para ser mais exata, explora o mundo da alta moda, o roteiro é centrado na vida profissional da supermodelo americana Christy Turlington, durante suas viagens para cumprir Jobs da moda como desfiles e photoshoots.

Como não deixaria de ser, o figurino é destaque, sendo parte proeminente e essencial do documentário.

Catwalk

O filme lança, mesmo que de relance, um olhar sob o aspecto deslumbrado do mundo da moda e como o glamour envolve essa indústria.

Impossível seria não reparar na alienação das modelos e dos relacionamentos superficiais entre as pessoas, você acaba ficando sufocado pela sensação de que aquele mundo, o mundo da moda, é o único que existe. Durante todo o filme o diretor ignora esse aspecto, dando a impressão de que essa falta de um repertório que não seja o fashion não seja algo questionável, como se não houvesse problema algum em ser somente aquilo, o que eu acho que seria uma crítica importante, senão essencial, para a época em que o documentário foi feito.

Com tudo isso, eu ainda considero este filme como conteúdo relevante, muito do nosso comportamento em relação a moda nasceu naqueles bastidores, naqueles beijinhos falsos trocados entre designer e modelo. E com quase 18 anos desde sua filmagem, o documentário continua mostrando uma visão real da indústria da moda.

Assistir Catwalk exige paciência, não pelo filme, que é maravilhoso, mas porque é quase impossível encontra-lo em formato digital, ou qualquer outro formato. Eu sempre tenho dificuldades em encontrar bons arquivos para download, mas é fácil encontrá-lo no YouTube:

Infelizmente não encontrei legendado, na verdade não encontrei em nenhum outro player, tentei no Dailymotion também, e ainda procurei no Netflix e no Netmovies, também sem sucesso.

Vou procurar entre colegas de faculdade e professores, para ver se consigo um link legal, com o filme completo, e um link para download também, já que eu também não o encontrei para vender!

*imagens e vídeo: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Biografia de Grace Coddington

Livro Biografia de Grace Coddington

Grace Coddington foi editora da Vogue inglesa por 20 anos, depois disso passou mais 20 anos na Vogue americana. É sem dúvida uma titã no mundo editorial de moda. Depois de ter seu dia a dia e personalidade desmitificados pelo filme The September Issue, agora é a vez da sua muito aguardada biografia.

O livro já tem data para ser lançado, 20/11/2012, mas já rola pré venda na Amazon.

A capa, tem a cor de seus cabelos,  o look escolhido para a foto foi um pareô amarrado no busto e flor nos cabelos crespos, diferente da austeridade de seus looks usuais.

Esse é mais um que não pode falta em nenhuma biblioteca fashion!

UPDATE: disponível para Kindle.

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.