Resumo da semana #9

Essa semana foi super corrida e nós tivemos dois dias sem posts porque a Net me deixou na mão, mas eu não poderia deixar de fazer o Resumo da semana, né?

Vamos lá?

marc-jacobs-adidas-resumo-semana-ocabide

Adidas acusa Marc Jacobs de cópia: http://bit.ly/1HBeZ9P

Rhodia e Ronaldo Fraga levaram o primeiro fio biodegradável para passarelas da SPFW: http://bit.ly/1IS0ehm

Benetton enviará 1,1 milhão de dólares ao fundo destinado a indenizar as vítimas do desabamento do edifício Rana Plaza em 2013, o pior acidente do setor têxtil em Bangladesh: http://bit.ly/1yYNRzZ

Museu do traje têxtil conta a história da moda brasileira: http://glo.bo/1zWkw4q

As seis principais tendências apresentadas na SPFW: http://abr.ai/1DlFTw9

Incêndio destrói tecelagem de algodão em Minas Gerais: http://bit.ly/1IS2ipH

roupa-fallsicada-preso-distrito-federal-resumo-semana-ocabide

Maior distribuidor de roupas falsicadas do Distrito Federal é apreendido:  http://glo.bo/1EAOxOv

Giorgio Armani comete gafe homofóbica: http://bit.ly/1HBgt3L

Comprar roupas em supermercados tem se tornado cada vez mais popular: http://bit.ly/1HBgBjT

Por que a moda tem apostado na fusão de gêneros? http://bbc.in/1DlGAFM

Adidas usará lixo plástico marítimo para confeccionar produtos em 2016:  http://bit.ly/1yYSOZs

tommy-hilfiger-jamel-toppin-resumo-semana-ocabide

A marca Tommy Hilfiger se recupera de crise:  http://bit.ly/1IS4kGm

A indústria não conta com muitas vendas para o dia das mães:  http://bit.ly/1DlH9zn

As selfies ampliam o desejo (e a necessidade) de consumo de seus usuário: http://glo.bo/1I5SMBf

melhores-desfiles-herchcovitch-ffw-resumo-semana-ocabide

O FFW elegeu os dez melhores desfiles da temporada: http://bit.ly/1DlIaYb

O Net-a-porter voltou a vender marcas brasileiras:  http://bit.ly/1zWs1Z8

O segundo fórum de inovação têxtil da Abit deu destaque para moda esportiva: http://bit.ly/1zWsoTk

casa-de-criadores-logo-resumo-semana-ocabide

Rolou uma nova e reformulada Casa de Criadores:  http://bit.ly/1DlIRRi (nós também falamos sobre isso!)

Aconteceu no Brasil, e outros lugares do mundo, o Fashion Revolution Day: http://bit.ly/1cXsANb

Sexismo em Hollywood e o papel da mulher no cinema: http://bit.ly/1yYWVoB

Andreja-Pejic-vogue-trans-resumo-semana-ocabide

Capa da Vogue terá modelo trans: http://bit.ly/1DlJL04

Teatros de São Paulo passam a ser isentos de IPTU: http://bit.ly/1EAUZoz

Deixem livres as suas estrias! http://bit.ly/1zWy2VM

 

 

Bom final de semana, cabideiros!

 

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Catwalk

Nós sempre falamos em livros sobre moda mas, raramente falamos sobre filmes de moda. E não, eu não me refiro a Bonequinha de luxo ou Sex and the city, existem muitos outros baseados na moda, que viraram moda ou sobre a moda, como ela é feita, usada ou fotografada.

Percebi que há poucas publicações falando sobre o filme Catwalk, então ele será o tema do meu post sobre moda para assistir.

Catwalk

O filme dirigido por Robert Leacock tem um elenco fashionista de peso, são muitos os nomes da moda que estrelam longa, entre eles Christy Turlington, Azzedine Alaïa, Giorgio Armani, Naomi Campbell, Helena Christensen, Grace Coddington, Cindy Crawford, Linda Evangelista, Gianfranco Ferré, John Galliano, Valentino Garavani, André Leon Talley, Jean-Paul Gaultier, Karl Lagerfeld, Isaac Mizrahi, Gianni Versace e Anna Wintour.

Ufa! Deu para perceber que todo mundo que é relevante na cena fashion deu pinta no filme, e esses nem são todos os nomes inclusos no casting!

O documentário da década de 1990, 1995 para ser mais exata, explora o mundo da alta moda, o roteiro é centrado na vida profissional da supermodelo americana Christy Turlington, durante suas viagens para cumprir Jobs da moda como desfiles e photoshoots.

Como não deixaria de ser, o figurino é destaque, sendo parte proeminente e essencial do documentário.

Catwalk

O filme lança, mesmo que de relance, um olhar sob o aspecto deslumbrado do mundo da moda e como o glamour envolve essa indústria.

Impossível seria não reparar na alienação das modelos e dos relacionamentos superficiais entre as pessoas, você acaba ficando sufocado pela sensação de que aquele mundo, o mundo da moda, é o único que existe. Durante todo o filme o diretor ignora esse aspecto, dando a impressão de que essa falta de um repertório que não seja o fashion não seja algo questionável, como se não houvesse problema algum em ser somente aquilo, o que eu acho que seria uma crítica importante, senão essencial, para a época em que o documentário foi feito.

Com tudo isso, eu ainda considero este filme como conteúdo relevante, muito do nosso comportamento em relação a moda nasceu naqueles bastidores, naqueles beijinhos falsos trocados entre designer e modelo. E com quase 18 anos desde sua filmagem, o documentário continua mostrando uma visão real da indústria da moda.

Assistir Catwalk exige paciência, não pelo filme, que é maravilhoso, mas porque é quase impossível encontra-lo em formato digital, ou qualquer outro formato. Eu sempre tenho dificuldades em encontrar bons arquivos para download, mas é fácil encontrá-lo no YouTube:

Infelizmente não encontrei legendado, na verdade não encontrei em nenhum outro player, tentei no Dailymotion também, e ainda procurei no Netflix e no Netmovies, também sem sucesso.

Vou procurar entre colegas de faculdade e professores, para ver se consigo um link legal, com o filme completo, e um link para download também, já que eu também não o encontrei para vender!

*imagens e vídeo: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Moda líquida

O notório grafiteiro francês Zevs foi preso pouco antes da sua primeira apresentação solo por pintar o logo da marca Chanel na fachada de um loja Armani, o processo resultou em  $850,000 em danos, mesmo que a tinta seja a base d´água e facilmente removível.

Zevs

Com prejuízo ou sem prejuízo o artista conseguiu divulgar seu trabalho e sua exposição.

Zevs

saiba mais: www.artstatements.com

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.