Casa Cravo&Canela

No final do mês passado falei aqui na sapateira sobre a parceria entre a estilista Fábia Bercsek e a marca Cravo&Canela, que busca agora uma nova direção criativa. Como parte dessa nova fase a Cravo&Canela lançou uma parceria com a Casa de Criadores, trata-se da Casa Cravo&Canela, uma coleção-cápsula com 15 modelos de tênis criados por 15 estilistas da CdC.

Os estilistas escolhidos foram Ale Brito, Anderson Tomaz (Tilda), Arnaldo Ventura, Danilo Costa, Fernando Cozendey, Gefferson Vila Nova, a dupla das Gralias, Gustavo Carvalho, Igor Dadona, Jadson Raniere, Karin Feller, Kauê Bueno, Nathan Souza (Nosotros), Rafael Caetano e Tarcísio Brandão, a coleção foi lançada durante o último final de semana (18/10) em uma festa na loja Choix.

As vendas começam online em um hotsite, a partir do dia 27/10, os preços variam entre R$ 215 e R$ 420.

Confira alguns modelos:
Gralias
Gralias
Karin Feller
Karin Feller
Tarcísio Brandão
Tarcísio Brandão
Danilo Costa
Danilo Costa
E o teaser:
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=bajnjYqzzKw]
*imagens e vídeo: reprodução
Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Preview Casa de Criadores

Geralmente junto com o preview das coleções os estilistas enviam seus croquis, e esta é uma ótima oportunidade para analisarmos os processos de criação de cada um, e como estes podem nos influenciar quando chegar a nossa vez de colocar nossas ideias no papel.

casa-de-criadores-danilo-costa-verao-2014-croqui-ocabide

DANILO COSTA se inspirou na música “Dirty Paws”, da banda islandesa Of Monster and Men, para criar uma coleção cheia de estamparia e texturas molhadas e brilhantes, rígidas e esvoaçantes. A canção, que tem tema folclórico, dispensa um sentido lógico, assim como as peças que podem ser de sarja, alfaiataria, resinado, organza, malha prene, lycra entre outras misturas. As cores são o rosa flúor, uva, verde lago, amarelo, azul, ouro e preto. Danilo aposta na bolsa masculina, colares, brincos e pulseiras.

casa-de-criadores-fernando-cozendey-verao-2014-croqui-ocabide

FERNANDO COZENDEY com coleção intitulada OCEANO traz para o verão 2014 o universo do fundo do mar. Elementos como seres mitológicos, algas, conchas, moluscos, peixes, mamíferos e crustáceos são representados de forma lúdica em maiôs, vestidos e macacões.  Com uma cartela colorida com branco, preto, coral, amarelo, nude, jade, azul, roxo, vermelho, verde neon e rosa neon; as peças apresentam modelagens inéditas e híbridas, com recortes, volumes e armações.

casa-de-criadores-karin-feller-verao-2014-croqui-ocabide

KARIN FELLER trouxe sua inspiração de Maceió, mais especificamente das garrafinhas de areia colorida. A silhueta é trapézio, com aplicações de penduricalhos, cordas e texturas de rede de pesca. Na estampa o Ararípe, pássaro típico da região, aparece em tecidos fluídos e transparentes. A cartela de cores é bem suave, com muito branco, off-white, creme e tons pastel, mesclados com pitadas de violeta, coral vibrante e azul piscina.  Os acessórios se inspiram no colorido do artesanato e nas atividades de pesca locais.

LAB

casa-de-criadores-bruna-abreu-verao-2014-croqui-ocabide

BRUNA ABREU apresenta a coleção “Salada Marítima”, onde explora a linguagem barroca, brasileira e feminina da Exposição “entre Carnes e Mares” da artista plástica Adriana Varejão. O clima tropical na passarela vem através da mistura de estampas de faces femininas, fundo do mar e tressê colorido. Cortes retos em linha “ e franzidos em formas circulares compostos por fibras de algodão, viscose, tressê de cetim, organza e gorgurão. A cartela de cores tem predominância do azul claro e do verde água, com um pouco de preto, branco, rose, laranja e vermelho.

casa-de-criadores-gralias-verao-2014-croqui-ocabide

GRALIAS – das estilistas Grazi Cavalcanti e Julia Guglielmetti – buscou sua inspiração numa pequena cidade, repleta de cores e cultura local, nos Andes peruanos chamada Katakuyna. A coleção foi concebida através dos armários das famílias da dupla, onde roupas repletas de história foram reconstruídas, ganhando releitura com o DNA da marca. Um mix de texturas e profusão de cores, onde as formas variam de arredondados casulos até modelagens retas. As peças em chiffon, renda e tule são combinadas com crochê, plissados e boraddos de pedrarias, pingentes de seda, flores e franjas.

casa-de-criadores-rafael-caetano-verao-2014-croqui-ocabide

RAFAEL CAETANO usou o universo do terror como inspiração, com referências extraídas dos trabalhos de Wes Craven, Alfred Hitchcock e Stephen King. A silhueta é evasê, com peças fluídas, que começam ajustadas e se abrem ao cair. As cores são o preto, café forte, azul raio x, branco e cru, que se apresentam nos tecidos chiffon, voil, recouro, couro ecológico, pet, Piquet, filó e organza. Nos acessórios, o estilista aposta em braceletes feitos com tecidos e fitas de gorgurão que se desprendem de suas bases e se tornam aéreas.

casa-de-criadores-teodoro-e-anita-verao-2014-croqui-ocabide

TEODORO E ANITA – dos estilistas Isadora Zendron e Lucas Devitte – pensou na possibilidade de novas espécies surgirem a partir do cruzamento de animais diferentes, uma hibridização de espécies. E assim criaram a coleção de verão 2014 onde peças de roupas se juntam e soltam a partir de botões e zíperes. As formas são ora bem amplas, ora justas sempre confeccionadas em denim. Diversos tons de azul, com pequenos detalhes em rosa, creme e preto. As peças que prometem são as jardineiras e as salopetes.

casa-de-criadores-yris-verao-2014-croqui-ocabide

YRIS – da estilista Yoon Hee Lee – utiliza o universo japonês na construção do verão 2014. As casas, os costumes e as vestimentas, tudo explorado ao máximo, para trazer uma concepção tão tradicional e simbólica para o ocidente. Sapatos gueta, cabelos de gueixa e até o próprio chão das casas japonesas ganharam novas interpretações e formam looks coloridos com tecidos estampados. As formas são um estudo das pinturas nipônicas com pavões e dragões. O kimono é reinventado e os obis são feitos de palha, com formato de animais. A silhueta é rígida e estruturada, em tecidos como o cetim, neoprene, redes de plástico e palha. Na cartela de cores a variação entre azul, laranja, madeira e branco. Enfeites de cabelo com pedras, fitas, presilhas e palitinhos são os acessórios.

*imagens: divulgação

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.