Dia de beleza (em casa)

Já faz alguns dias que eu tenho me sentido meio pra baixo, a pressão do dia a dia tem feito eu me sentir insegura com tudo, inclusive minha aparência. E nesse ponto não se trata só de uma insegurança, eu realmente tenho me sentido feia.

Isso é horrível, eu tenho falado tanto de amor próprio e aceitação e de repente eu começo a me sentir dessa forma sobre a minha aparência? Eu sinceramente não sabia o que fazer para me sentir melhor, geralmente em situações como essa eu gasto dinheiro que eu não tenho com coisas que eu não preciso, mas dessa vez não rolou.

limpeza-pele-dia-ocabide-2

No sábado eu estava no meu limite e decidi que precisava de um tempo, então decidi tirar a domingo para cuidar de mim, quem sabe assim autoestima não dava as caras novamente.

Meu dia de beleza começou com descanso, dormi até bem tarde, na sequência fiz uma refeição bem leve (evitar compulsões típicas de quando eu estou chateada por qualquer motivo faz eu me sentir mais em controle da minha vida, sabe?).

O próximo passo foi escolher alguma coisa gostosa para ouvir:

Comecei por uma limpeza de pele, eu já fiz um post falando sobre como faço limpezas de pele em casa, a única coisa que mudou foi o tipo de argila que eu uso. Atualmente tenho usado  argila preta, que tem enxofre na composição, para aumentar ainda mais o efeito cicatrizante. Eu uso a argila preta da marca Panizza, que você pode encontrar em lojas de produtos naturais, dentro e fora da Internet.

argila_preta_laboratorio_panizza_limpeza-pele-ocabide

Com a pele lisinha e hidratada (sério, eu adorei o resultado!) e decidi remodelar as sobrancelhas que eu estava deixando crescer há alguns dias.  Consegui mantê-las mais grossas e com um arco mais suave, inspirada nas maravilhosas sobrancelhas da Lora Arellano, maquiadora e dono da marca Melt MCosmetics. Minha sobrancelha não é tão cheia ou grossa, na verdade é bem falhada, mas eu a modelei de forma que tornaria o preenchimento mais natural e fiquei muito satisfeita com o resultado final.

 

 

O próximo item seriam as unhas das mão e dos pés, eu não tiro a cutícula então a hidratei, empurrei suavemente com ajuda dos meus produtos preferidos para unhas, o Cuticle Remover e o Cuticle Cream da Mavala. Escolhi a cor Red my lips da Sally Hansen que é o esmalte que eu mais tenho usado, usei o top coat vitrificado da Esmaltes Mohda que eu já tinha usado sozinho e gostado, mas por cima de outro esmalte dificulta a secagem, principalmente em dias mais quentes, daí acaba enchendo de bolinha, sabe? Depois dos pés e das mão fui cortar o cabelo, se você já segue O Cabide no Instagram (se não segue, deveria seguir!) já sabe que há alguns meses eu raspei todo o meu cabelo e tenho mantido assim desde então. Tô devendo um post sobre o porquê eu raspei o cabelo né? Vou providenciar em breve, prometo!  

 

Uma foto publicada por O Cabide (@ocabide) em

 

Encerrei o dia com um banho quente, depilação e  uma esfoliação corporal, seguidos de sofá, pudim de chocolate e Katy Perry no Rock in Rio.

Compartilhei um pouco desse dia cheio de mimos lá no nosso Snapchat, nos adicione: ocabide.

IMG_8585 (1)

 

Comecei a semana um pouco mais animadinha, deveria ter dias de beleza com mais frequência! ?

 

*imagens e vídeo: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Chega de nail art?

Eu sinceramente desisti das nail arts, há muito tempo não uso. Isso não significa que tenha parado de achar bonito, quer dizer, algumas coisas são bonitas, outras já ultrapassaram todos os limites!

Estava sentindo falta das unhas pintadas de maneira uniforme, todas as unhas da mesma cor, sem degradê, sem filha única, sem risco, traço, flor, strass, etc. Isso tudo sem falar nos carimbos, imãs, decalques e todas as engenhocas que a indústria de cosméticos do mundo todo conseguiu inventar.

E assim, voltei para minha rotina de esmaltação com alegria e placidez. Até anteontem quando navegava por alguns links de um post do Buzzfeed (não sei viver sem esse site) que listava lojas de cosméticos bacanérrimas que vendiam online e que, até onde eu me interessei, em sua maioria enviavam para o mundo todo.

Nessa lista encontrei uma marca só de adesivos e tatuagens para unhas e cutículas, os desenhos são tão legais e a proposta da tattoo é tão interessante que achei que valia um post.

Para mim, o maior diferencial são os desenhos, que fogem do lugar comum mesmo quando cedem as fofurices, e o fato deles não serem combinadinhos também deixa tudo mais interessante.

Rad Nails

Pelo que eu vi na página deles no Facebook, de vez em quando rola promoção, e o tempo todo rola desenho novo, vi lá um adesivo lindo inspirado na dupla She&Him, que eles fizeram em parceria com os músicos e vinha de brinde para quem comprasse o álbum Volume 3! ?

Rad Nails

Meus favoritos são o Dollar Slice, cuja estampa é uma fatia de pizza, o You so fine que consiste em traços finos e delicados, ligados em formas geométricas lindas, e o Hot Man-icure que exibe o rosto dos galãs de Hollywood, puro deboche! Além das tattoos de cutículas, que eu amei e quero todas!

Rad Nails

Dollar Slice
Rad Nails

You so fine
Rad Nails

Hot Man-icure
Rad Nails

E as tatuagens: Another round, Your point? e In a pinch

Para comprar: http://shop.radnails.com

Achei super válido para dar um último suspiro no furação que foi a moda das unhas decoradas!

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Trem da Vida

A Impala lançou a coleção outono /inverno 2012, Trem da vida, inspirada nos detalhes da vida, nos momentos únicos, na sofisticação e feminilidade.

Impala trem da vida

A coleção vem com a novidade do esmalte duocolor e o high gloss que tem um aspecto brilhante sem ser cintilante e também compondo a coleção estão os cremosos e metalizados, com as cores maravilhosas e quentes, azul, roxo, berinjela, verde e nosso querido e clássico vermelho.

Impala trem da vida

A coleção é composta com oito cores:

Caixa de Música: coral – cremoso
Piquenique: vermelho – cremoso
Vinho Camurça: roxo – cremoso
Folk: vinho – High Gloss
Verde Pássaro: Azul-Esverdeado – Metalizado
Deitar na Rede: berinjela – High Gloss
Alegria: Roxo – duocolor
Patchwork:  Azul Cobalto – metalizado

*imagens: reprodução


Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.