Chega de nail art?

Eu sinceramente desisti das nail arts, há muito tempo não uso. Isso não significa que tenha parado de achar bonito, quer dizer, algumas coisas são bonitas, outras já ultrapassaram todos os limites!

Estava sentindo falta das unhas pintadas de maneira uniforme, todas as unhas da mesma cor, sem degradê, sem filha única, sem risco, traço, flor, strass, etc. Isso tudo sem falar nos carimbos, imãs, decalques e todas as engenhocas que a indústria de cosméticos do mundo todo conseguiu inventar.

E assim, voltei para minha rotina de esmaltação com alegria e placidez. Até anteontem quando navegava por alguns links de um post do Buzzfeed (não sei viver sem esse site) que listava lojas de cosméticos bacanérrimas que vendiam online e que, até onde eu me interessei, em sua maioria enviavam para o mundo todo.

Nessa lista encontrei uma marca só de adesivos e tatuagens para unhas e cutículas, os desenhos são tão legais e a proposta da tattoo é tão interessante que achei que valia um post.

Para mim, o maior diferencial são os desenhos, que fogem do lugar comum mesmo quando cedem as fofurices, e o fato deles não serem combinadinhos também deixa tudo mais interessante.

Rad Nails

Pelo que eu vi na página deles no Facebook, de vez em quando rola promoção, e o tempo todo rola desenho novo, vi lá um adesivo lindo inspirado na dupla She&Him, que eles fizeram em parceria com os músicos e vinha de brinde para quem comprasse o álbum Volume 3! ?

Rad Nails

Meus favoritos são o Dollar Slice, cuja estampa é uma fatia de pizza, o You so fine que consiste em traços finos e delicados, ligados em formas geométricas lindas, e o Hot Man-icure que exibe o rosto dos galãs de Hollywood, puro deboche! Além das tattoos de cutículas, que eu amei e quero todas!

Rad Nails

Dollar Slice
Rad Nails

You so fine
Rad Nails

Hot Man-icure
Rad Nails

E as tatuagens: Another round, Your point? e In a pinch

Para comprar: http://shop.radnails.com

Achei super válido para dar um último suspiro no furação que foi a moda das unhas decoradas!

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Achadinhos na farmácia

Quem em conhece, ou até mesmo quem começou a me acompanhar por Instagram sabe que eu AMO farmácias.

Para mim é impossível sair de mãos vazias, sou absolutamente viciada em produtos para banho e adoro novidades! Sempre que estou na farmácia compro uma coisinha, e ao contrário de algumas consumistas que frequentam farmácias, eu uso tudo o que compro, readaptando minha rotina de beleza cada vez que uma novidade chega nas penteadeiras.

A última novidade que adquiri em uma farmácia, e estou completamente apaixonada, é a Geleia de Vaselina da marca Vasenol. Comprei para usar nas cutículas e nos pés, onde tenho a pele ultra sensível, o que faz que eles ficam ainda mais judiados no verão, com o suor e o atrito dos sapatos.

Geleia de vaselina Vasenol

O produto é tudo que promete, estou usando diariamente, aplico nos pés a noite, antes de ir dormir, com a pele super hidratada e protegida já estou vendo diferença quando uso algumas sapatilhas, a pele do calcanhar que antes ardia quando eu ficava muito tempo com o sapato já não arde mais, também achei que diminuíram as bolhas, que já faziam parte da minha rotina.

Na cutícula também vi resultados, e da última vez em que fiz as unhas senti mais facilidade para “tirar” as cutículas.

Geleia de vaselina Vasenol

Navegando a internet descobri que a própria marca sugere 30 tipos de uso para o produto, mais multiuso impossível!

Confiram as dicas da Vasenol:

  • Passe na parte de baixo dos olhos para suavizar as olheiras;
  • Hidrate as pálpebras diariamente antes de dormir;
  • Aplique em pequenas queimaduras para acelerar a cicatrização;
  • Aplique no nariz para diminuir o ressecamento no frio;
  • Passe uma camada fina na pálpebra antes de aplicar a maquiagem, para definir o local e aumentar a sua duração;
  • Use para proteger a pele no inverno, formando uma capa protetora na pele;
  • Hidrate os lábios ressecados;
  • Passe nos pés antes de dormir, coloque meias e acorde com os pés super suaves;
  • Passe nos anéis para retirá-los mais rápido;
  • Remova o batom vermelho usando um algodão e esfregando suavemente nos lábios;
  • Aplique em pequenos machucados para auxiliar na fase final de cicatrização;
  • Transforme batons antigos em gloss novos. É só misturar;
  • Evite as manchas no rosto na hora de pintar o cabelo;
  • Aplique nos pés, braços e coxas para ajudar a evitar bolhas e escoriações durante a corrida;
  • Passe no gargalo dos vidros de esmalte para que a tampa não fique emperrada;
  • Aplique um pouco nas unhas para mantê-las resistentes e deixar as cutículas suaves;
  • Remova manchas de maquiagem em roupas. É rapidinho;
  • Faça seu perfume durar mais tempo, aplicando nos pontos em que você passa o perfume no local;
  • Passe nos brincos para eles entrarem mais fácil;
  • Aplique uma camada fina nas sobrancelhas para pentear os fios rebeldes;
  • Use para hidratar a pele após fazer uma tatuagem;
  • Remova os cílios postiços de um jeito mais fácil;
  • Dica para esportistas: durante o exercício físico passe nos mamilos e outras partes que são mais sensíveis ao contato com a roupa;
  • Passe nos pés e evite bolhas causadas pelos sapatos;
  • Proteja sua pele antes de descolorir os pelos;
  • Use para hidratar os cotovelos e joelhos, que são as partes mais secas do corpo;
  • Misture com sal ou açúcar e faça um esfoliante caseiro;
  • Após um dia de esportes em ambientes externos aplique em suas mãos para aliviar o incômodo de muito sol, sal e vento;
  • Passe nos cílios para deixá-los mais volumosos e compridos;
  • Excelente para fazer uma massagem.

 

Existe, inclusive, um vídeo que explica essas 30 formas de usar a geleia:

Adorei!

E você, também ama achadinhos na farmácia?

*imagens e vídeo: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Cantinho do esmalte: Anita

Na semana retrasada, antes de viajar, decidi ir a manicure. Quem me conhece, ou quem acompanha os Cantinhos do esmalte aqui no O Cabide, sabe que eu nunca vou a manicure, gosto de fazer minhas unhas em casa, como faço desde criança.

Uma das maiores vantagens de fazer a unha na manicure é experimentar novidades, novos métodos para cuidar das unhas e das cutículas, e a melhor parte, conhecer novos produtos e modos de aplicação. Na minha última visita eu conheci uma nova marca de esmaltes, eu já tinha visto em algumas perfumarias e a embalagem sempre me chamava a atenção, da última vez em que fui a perfumaria comprei duas cores, mas ainda não havia testado.

Anita Esmaltes

Na manicure escolhi a cor Grande Amor, um vermelho metálico bem intenso e bem feminino, e super clássico, me lembrando dos vermelhos que minha mãe usava antigamente.

Gostei tanto que optei pela esmaltação clássica, com pé e mão combinando!

Além do brilho e da cobertura o esmalte se garante na duração, esmaltei na sexta e só deu uma descascadinha na quinta.

É um pouco difícil encontrar informações sobre a marca, o site está incompleto e a página no Facebook é recente, então não tem muito conteúdo, mas percebi que muitas blogs especializados em esmalte já fizeram posts sobre os esmaltes. Várias blogueiras amaram as cores e elogiaram os esmaltes pela qualidade, assim como eu.

Além dos esmaltes da linha tradicional, os Esmaltes Anita também possuem a linha FREE, que são livres de tolueno, formaldeído e dibutilftalato.

Anita Esmaltes

Lá em Gramado, fui pega desprevenida quando o esmalte descascou, percebi que meu nécessaire de unha tinha ficado em casa e tive que ir a farmácia, morro de aflição de esmalte descascado, não ia conseguir esperar chegar em SP para limpar as unhas. Lá comprei uma lixa que nunca tinha visto antes, a lixa de vidro da Ricca!

Eu sempre preferi as lixa de areia, todas as vezes em que experimentei outros tipos de lixa acabei me machucando, principalmente com as de metal, que além de machucar a pele ainda podem causar queimaduras.

Lixa de Vidro

Foi uma ótima surpresa! A lixa de vidro é suave, dá acabamento com leveza para unhas mais frágeis, como minha, por que evitam a descamação excessiva que as lixas normais causariam, assim evitam que as unhas quebrem facilmente.

Uma das grandes vantagens da lixa de vidro é que ela pode ser esterilizada, eu compro lixas em pacotes com grande quantidade, pois uso as lixas apenas uma vez e depois as jogo fora, isso por que as lixas comuns podem ser hospedeiras para fungos e bactérias. Li que a lixa de vidro é considerada cara, eu paguei R$3,50, se considerarmos que a lixa durará muito tempo, o custo benefício é imenso.

Você pode encontrar dificuldade no uso da lixa de vidro caso queira diminuir muito o tamanho das unhas, nesse caso é bom ter o auxílio de um cortador, ou até usar uma lixa comum para mudar o comprimento e a lixa de vidro para dar acabamento.

E por falar em comprinhas na farmácia, eu estava no Sul, e sempre que estou por lá procuro uma Panvel, amo os produtos da marca própria dessa rede de farmácias e é sempre ótimo poder visitar uma das lojas.

Comprei dois esmaltes, o Ametista, um roxo cintilante da linha Isabela Capeto Para Panvel e o Marula da linha Panvel Make Up. Estou devendo um post sobre a Panvel desde o ano passado, e agora mais do que nunca quero fazer um post sobre meus favoritos, incluindo os produtos que adquiri durante a viagem.

O Ametista é um roxo azulado com micro brilhos, lindo de morrer e super fácil de passar e de limpar, olha que lindo:

Ametista Isabela Capeto Para Panvel

Fiquem de olho no Instagram do O Cabide para acompanhar minhas experiências com produtinhos para as unhas e novas cores. <3

Para mais informações sobre Anita Esmaltes, clique aqui!

Para comprar Panvel, clique aqui!

Para comprar lixa de vidro da Ricca, clique aqui!

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Tá barato?

A economia em outros países começa a ficar cada vez mais preocupante, e isso nos afeta de várias maneiras.

No entanto, o Brasil tem encontrado alguns benefícios na queda do poder aquisitivo europeu e americano. Isso porque temos recebido cada vez mais artistas internacionais para shows e até para publicidade, franquias desembarcam no país e cada vez mais nos vemos consumindo produtos que antes só adquiríamos durante viagens.

M.A.C

A M.A.C. já está aqui no Brasil há algum tempo, desde 2002, vendida em multimarcas e em lojas oficiais. Agora também temos a Sephora, e com isso várias outras marcas que não eram vendidas por aqui se tornarão disponíveis.

Isso tudo é ótimo, nós queríamos consumir esses produtos, é bom que as marcas estejam de olho no nosso mercado.

Infelizmente, como já era de se esperar, os preços desses produtos que tanto amamos só sobem, e fica cada vez mais interessante viajar para fazer umas comprinhas, afinal, nosso poder aquisitivo mudou, mas não somos bobos, já percebemos que ter alguns desses produtos aqui vale menos a pena a cada dia que passa.

Algumas marcas já perceberam isso, a já fencionada M.A.C por exemplo, baixou os preços dos seus produtos, essa semana, afirmando que o objetivo era se tornar mais competitiva.

Os batons que amamos tanto baixaram R$13, os desejados Ruby Woo e Russian Red agora custam R$66, antes custavam R$79.

Pois bem, a queda de preço é ótima, mas como eu disse, não somos bobos. Quando eu comecei a comprar M.A.C pagava R$69 nos batons. Essa queda de preços que a marca apresentou essa semana não chega a ser necessariamente vantajosa.

M.A.C

A Folha fez a seguinte comparação: “O preço não soa tão absurdo se postos ao lado dos R$43 cobrados pela nacional Contém 1g, ou dos R$59 pedidos pela L’Oreal, e R$47,90, pela Revlon. Os dois últimos marcas importadas que estão há mais tempo no Brasil.”

Eu vejo assim, a M.A.C baixou os preços, e isso é ótimo, mas a marca não está fazendo um favor a ninguém, se fossemos considerar o preço dos produtos quando a marca chegou no país, há pouco mais de uma década, dava para ficar um pouquinho mais barato, e isso pouco depende do preço das concorrentes.

Eu fui lá no site da M.A.C eu vi o valor do batom e fiz umas contas, bem rasas, afinal não manjo do assunto:

No site da própria M.A.C os batons custam $15. No dia em que escrevi esse post o dólar fechou a $2,59, somando o ICMS (com todos os impostos que estão em seu cálculo de base) o batom custaria mais ou menos R$54, 96!

Então fica aquela interrogação, por que o preço do produto importado é tão alto no Brasil? A ideia desse post era questionar a marca, questionar os preços, questionar o produto e tudo mais!

M.A.C

O final desse post já estava escrito, deletei uns 3 parágrafos e mudei tudo. Por que eu falei do ICMS com um embasamento muito raso, então achei que era melhor dar mais uma pesquisada e dar a informação completa para vocês.

Acabei pesquisando sobre impostos como um todo, e o resultado é que, é verdade, os produtos da M.A.C são muito caros, muito mais do que deveriam ser, mas a quantidade de impostos que uma empresa paga para distribuir seus produtos por aqui é surreal, vários impostos são pagos duas vezes, um em cima do outro, num cálculo absurdo (chamado tributação em cascata)!

O Brasil precisa proteger a indústria nacional? Com certeza.

Mas isso deveria ser inconstitucional!

Se o caminho certo fosse dificultar a entrada dos produtos tornando-os mais caros, o consumo de importados diminuiria, e não aumentaria. E aí, me diga? Para onde é que essa grana vai?

Para entender meu raciocínio recomendo ler:

País bate recorde em importação de cosméticos

Destrinchando a tributação de produtos importados

Impostos deixam a “beleza feminina” 51% mais cara

Sephora estreia no Brasil

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Viva RuPaul

Dá última vez em que falei sobre a marca M.A.C por aqui, o post foi pesado e cheio de reflexão. Mas vocês sabem que para mim maquiagem tem um valor especial, e é por isso que fiquei super feliz com a volta da linha VIVA GLAM da M.A.C, mais feliz ainda que a garota propaganda será RuPaul!

RuPaul Viva la Glam

A linha VIVA GLAM chega aos 19 anos, com 7 coleções, foi também a responsável pelas campanhas mais divertidas da marca. E como vocês já devem saber, é tudo por uma boa causa, todo o lucro gerado através das vendas dos cosméticos VIVA GLAM vai para o AIDS Fund, que oferece apoio para pessoas diagnosticadas com o HIV no mundo todo.

E daí, quando eu digo que fico feliz por ver RuPaul estrelando a nova campanha, afinal ela foi a primeira garota propaganda VIVA GLAM, ao seu lado estavam K.D. Lang e Frank Toskan, fundador da marca.

Os produtos chegam em novembro nas lojas internacionais.

E se você nunca assistiu RuPaul’s Drag Race, não sabe o que está perdendo!

*imagem e vídeo: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.