7 fatos que você desconhecia sobre Coco Chanel

Hoje a lendária estilista Coco Chanel completaria 131 anos, e é conhecida até hoje por ter mudado o mundo da moda com seu estilo inovador, sempre a frente de seu tempo.

Devemos admitir que Mademoiselle Chanel também deve ser reconhecida por sua biografia um tanto quanto interessante, unidos ou separados, os fatos de sua vida contam uma história fascinante.

Por causa do seu aniversário, muitos artigos pipocaram hoje na internet, para mim um deles se destacou e eu decidi trazê-lo aqui para os meus leitores cabideiros.

A sessão de estilo do Huffington Post listou os 7 fatos mais curiosos sobre a vida e carreira de Coco Bonheur Chanel, que você provavelmente desconhecia. Eu devo admitir que mesmo depois de já ter lido alguns livros, visto os filmes e a minissérie, eu realmente desconhecia alguns itens dessa lista!

Dá uma olhada:

1. As freiras

Coco aprendeu o ofício da costura com as freiras de Aubazine Abbey, o orfanato onde ela cresceu.

2. Cantora

Antes de costurar, Chanel (na época conhecida como Gabrielle) cantava no La Rotunde e outros cafés parisienses. Foi a música “Who has seen Coco in the Trocadéro?” que a fez ganhar o apelido de “Coco”.


3. Caso de amor com o nazismo

Durante a Segunda Guerra Mundial, Chanel foi ligada ao oficial de inteligência Baron Hans Günther von Dincklage, um notório espião alemão. Existem até hoje rumores de que Chanel também tenha sido uma espiã.


4. Meu perfume

Chanel No. 5 é um clássico, tão clássico, que foi o primeiro perfume a receber o nome de seu criador.


5. Em Guerra

O período durante a Segunda Guerra Mundial foi controverso para a estilista, e os problemas afetaram também seus negócios em 1939, quando ela teve que fechar sua loja. Mas, como nós bem sabemos, seu retorno aos negócios foi muito bem sucedido.


6. Os postes não são dela

A lenda diz que o Duque de Westminster estava tão loucamente apaixonado por Coco Chanel, que fez com que os postes de Londres recebessem a inicial de sua amada ao lado do seu “W”. Infelizmente, as iniciais que aparecem nos postes na verdade tem outro significado (City Council).


7. Fora de contexto

Apesar da designer ser conhecida por sua perspicácia, ao longo dos anos, a maior parte das suas citações está sendo distorcida. Isso sem falar nas inúmeras frases que ela não disse e são atribuídas à ela nas redes sociais.

 

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Datas marcantes para a história da moda

A moda vem servindo como ferramenta para registrar a história da humanidade desde que somos capazes de produzi-la e compreendê-la. Aqui no blog temos uma seção todinha dedicada à história da moda e, hora ou outra, procuro fazer posts mais leves para esse tipo de conteúdo, com fatos e curiosidades sobre o tema.

Hoje eu escolhi falar sobre algumas datas que, de alguma forma, foram relevantes para a história da moda, dá uma espiada:

Coco Chanel working Paris atelier 1962 by Douglas Kirkland

1913 – Gabrielle “Coco” Chanel abre sua botique em Deauville, França.

1923 – Os EUA, por meio de representação judicial, descrimininalizam o uso de calças por mulheres.

1938 – Meias calças de Nylon são inventadas, mas elas são chegam as lojas em 1940.

nylon-meia-historia-moda-ocabide

1940 – Bolsas tiracolo começaram a integrar o uniforme que as mulheres usaram durante a Segunda Guerra Mundial.

1946 – O bíquini é lançado em um desfile em Paris

1947 – Christian Dior lança o glamouroso “New Look”.

batom-historia-ocabide

1950 – O primeiro batom que não borra chega às prateleiras.

1972 – A Nike começa a produzir tênis.

Depois que escrevi o post fiquei pensando, se alguém decidi fazer um post como eu fiz daqui uns 50 anos, quais serião os momentos da moda da nossa geração que eles considerariam marcantes?

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Eclats du Soir de Chanel

Eclats du Soir de Chanel

A Chanel Makeup lançou especialmente para o Natal a coleção Eclats du Soir, assinada por Peter Phillips, diretor criativo da marca. Inspirada na alquimia dos metais preciosos, a linha conta com uma paleta de sombras em ouro, bronze e bege suave, blush roso, pó compacto, batom matte L’Impatiente e esmalte Malice, vermelho escuro, lindo, bem apropriado para as festas de fim de ano.

Eclats du Soir de Chanel

Eclats du Soir de Chanel

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Hitchcock

Peter Philips, diretor criativo de maquiagem da Chanel, investiu na sua vasta criatividade e lançou três esmaltes inspirados em filmes de Alfred Hitchcock.

As cores receberam os nomes dos filmes mais aclamados do diretor:

Frenzy: feito com base no filme “Frenesi”, de 1972, penúltimo da carreira do cineasta, e considerado um dos mais violentos, o esmalte tem uma tonalidade nude-acizentada.

Um Corpo que Cai: originalmente chamado “Vertigo”, de 1958, sobre uma mulher que vive tendo alucinações e crises de identidade, serviu de inspiração para a tonalidade de mesmo nome, que é preta com partículas vermelhas peroladas.

Suspicious: foi inspirado em “Suspeita”, de 1941, produção romântica com pitadas de suspense, o esmalte tem tonalidade fúcsia.

Os esmaltes custam 22 euros cada (mais ou menos R$45), e fazem parte da nova coleção de maquiagem da marca, chamada Les Essentiels de Chanel, lançada nesse mês.

Hitchcock

Hitchcock

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Las Vegas

A poderosa Chanel traz mais uma novidade, lançando uma micro coleção mega iridescente para quem curte um look ryco!

A micro coleção é inspirada em Las Vegas e é toda trabalhada na ryqueza do ouro!

Chanel Las Vegas

Chanel Las Vegas

Chanel Las Vegas

Chanel Las Vegas

No mix de produtos a palette Lucky Stripes Iridescent Powder for Eyes & Cheeks, o batom Brilliant Rouge Coco Shine, o delineador labial Vegas Gold Precision Lip Definer e esmalte o Gold Fingers Le Vernis.

Gostou?

Então tem que ir até Las Vegas buscar!

A micro coleção só está disponível nas lojas Chanel dos hotéis Bellagio e Wynn.

=(

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.