Resenha: Shampoo sólido New da Lush

Eu já falei algumas vezes aqui no blog sobre uma dermatite que tenho no couro cabeludo que tem me incomodado há muito tempo e que continua me dando trabalho mesmo depois de ter raspado a cabeça. Eu fui várias vezes ao dermatologista e experimentei todo tipo de shampoo e algumas loções, nenhum deles trouxe resultados.

Como vocês sabem esse não foi o motivo que me levou a raspar o cabelo, mas com certeza tem sido mais fácil lidar com a queda dos fios, com as feridas e até com a coceira.

Há um tempo atrás estava pesquisando alguns produtos para a pele e decidi olhar a composição de alguns produtos da Lush. Foi assim que descobri o shampoo sólido New.

lush-shampoo-solido-ocabide

Se você ainda não conhece a Lush vale ressaltar que trata-se de uma marca natural, com produtos feitos à mão, que não testa em animais, evita a produção desnecessária de embalagens, com matéria primas 100% vegetarianas que pratica compra ética.

lush-shampoo-solido-ocabide-3

Isso tudo me fez pensar que talvez respeitando a sensibilidade da minha pele eu pudesse ter mais resultados do que eu tive com os tratamentos mais invasivos.

Escolhi o shampoo sólido New por causa dos ingredientes que tem como objetivo tratar o couro cabeludo,  além de propor estimulo e frescor após o uso:

“Um shampoo sólido com canela, cravo e hortelã-pimenta que estimulam o couro cabeludo. Os óleos essenciais de folhas de canela, louro e brotos de cravo juntos com a hortelã-pimenta aumentam a circulação sanguínea e estimulam os folículos capilares. Uma infusão de urtiga e hortelã-pimenta estimulam o couro cabeludo e proporcionam um cabelo saudável. O alecrim suaviza e acalma seu couro cabeludo e adiciona um brilho glorioso aos cabelos.”

Estou usando o shampoo há quase um mês e posso dizer com segurança que:

Assim que você enxágua os cabelos você realmente sente o frescor, no meu caso essa sensação veio acompanhada pelo alívio de sentir o meu couro cabeludo limpo e sem coceira;

A aplicação é simples, no geral uso a própria barra nos cabelos molhados;

O shampoo sólido vem em uma barra redonda de 55g e na hora em que você pega ele na mão você acha que não vai durar uma semana, mas eu estou usando todos os dias há quase um mês e ele não mudou de tamanho, isso me faz crer que ele vai durar bastante;

Ele realmente estimula a circulação sanguínea e estou vendo cabelos crescerem nas áreas em que eu tinha falhas por causa da queda;

O perfume de cravo e canela não é forte, na verdade é bem fresco e fica no ar do banheiro e do quarto, de maneira bem agradável;

Eu ainda não sei se ele deixa os fios brilhantes (meu cabelo é curto demais para isso), mas com certeza deixa eles mais macios, e eu não uso nenhum tipo de condicionador ou leave-in.

 

Eu definitivamente pretendo continuar usando e é um produto que merece ser recomendado!

O shampoo New custa R$47,30 e você pode comprar no site da própria marca.

 

*imagens: reprodução

 

 

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Reparo total

Se você acompanha o blog, deve saber que há algum tempo eu estou lutando contra acne, mas meu drama dermatológico não para por aí. Mais ou menos na mesma época comecei a lutar contra uma dermatite no meu couro cabeludo que me fez perder bastante cabelo e que incomodava bastante. Os xampus que usei para tratar essa dermatite acabaram com os fios e eles ficaram tão opacos que ganharam uma aparência acinzentada.

Como meu cabelo é bem curtinho, pensei em cortar tudo, bem baixinho mesmo, mas esperar os fios crescerem com mais saúde. Mas eu acabei encontrando uma nova dermatologista que encontrou um tratamento mais eficaz que me permitiria tratar os fios também. Assim que ela liberou eu quis comprar um xampu bom, que me ajudasse a restaurar o fio no comprimento que estava.

Pesquisei e decidi investir nos produtos da linha Full Repair da marca John Frieda. Essa linha é composta por dez produtos: xampu, condicionador, mousse, tratamento reconstrutor (sheer mist edeep infusion), condicionador de tratamento profundo, spray finalizador, soro antifrizz e o oil elixir. A Full Repair é voltada para o tratamento profundamente os fios com danos causados por calor, química ou ambiente (poluição, vento e mudanças de temperatura).

John Frieda Full Repair

Eu não comprei os 10 produtos disponíveis por que faltou verba, mas com certeza eles valeriam a pena. Eu tenho apenas o xampu e o condicionador, mesmo assim, com três dias de uso meus cabelos mudaram completamente de textura, ficaram mais macios e recuperaram parte do brilho. Com o uso continuo os fios foram ficando mais vivos e os cachos voltaram.

Eu só usei esses produtos para recuperar meus fios? Não. Mas esses são os únicos que eu uso todo santo dia, mesmo quando tenho que fazer qualquer aplicação relacionada ao tratamento do couro cabeludo, que ainda não acabou.

O próximo produto da linha que pretendo adquirir é, com certeza, o óleo (repairing oil elixir) que tem textura de sérum e serve para proteger os fios.

John Frieda Full Repair

Os cuidados com os meus cabelos ainda envolvem duas máscaras e um leave-in, vocês gostariam de ver um post sobre eles também?

*imagem: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Enroladas

O mercado ainda não entendeu mesmo o poder das crespas/cacheadas?

Ou são as revistas/sites que se fazem de tontas só para encher linguiça?

Eu digo isso pois acabei de clicar num link que me prometia ótimas ideias de cortes para quem tem cabelos crespos ou cacheados e as fotos, além da baixa qualidade, não mostravam opções reais de cortes para esse tipo de cabelo.

Eu sou cacheada assumida, nunca tive cabelo comprido, sempre tive cabelos muito curtos, agora que deixei as madeixas crescerem deixei elas serem como realmente são, e os únicos recursos que tenho são hidratações e leave-ins.

Aqui não tem chapinha, escova, modelador, progressiva, etc!

Meu cabelo não é nem tingido!

E aí, toda vez que preciso de dicas, referências e novidades tenho que contar com a minha própria experiência, pois os veículos de beleza continuam a me ignorar!

Desculpa o desabafo, gente!

Como “vingança” decidi fazer uma galeria de cacheadas e crespas de verdade que me inspiram.

Os nomes que escolhi? Solange Knowles, Leandra Leal, Janelle Monáe, Júlia Bloch, Corinne Bailey Rae e Alicia Keyes.

Solange Knowles até apareceu na mídia com o cabelo alisado, mas durou pouco tempo, logo fez o big chop e deixou as madeixas crescerem naturais

Todas cacheadas e lindas!

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Seus cachos

Amiga, se você, como eu, luta contra o tempo, o padrão de beleza e o preço dos produtos para manter seus cachos lindos e brilhantes, vou deixar umas dicas que facilitam a minha vida e com certeza facilitará a sua!

Seus cachos

Seque os cachos com uma toalha mais antiga ou uma camiseta de malha velha, amassando os cachinhos para dar forma.

Não esqueça do leave-in, protege do frizz e ainda mantém o cacho no lugar, mas não abuse, cabelo cheio de creme sofre, cai muito e é feio pra danar!

Lave pouco, as pontas dos cabelos cacheados tendem a ficarem secas e a raiz oleosa, não é lavando mais que você vai evitar que isso aconteça, quanto mais você lava seu cabelo mais você estimula o couro cabelo a produzir o sebo que ele usa para se proteger, e as pontas já secas sofrem ainda mais com os shampoos. Lave o cabelo de duas a três vezes por semana e não esqueça de arrasar na hidratação.

Difusor é o melhor amigo do cacho, sim, melhor do que o baby liss, o baby liss vai fazer cachos perfeitos (tão perfeitos que vão ficar gritantemente artificiais). Um fluido para cachos e um difusor modela, dá brilho e definição ao cacho, bem mais natural e bem mais chique.

Cacho não pede pente, eu juro que não tenho um pente! Pentes desmacham o cacho, aumentam a estática do fio e deixam eles mais armados, desembarace os cabelos com os dedos enquanto aplica o leave-in.

Use shampoos especificos para seus cabelos, pode parecer balela, mas é verdade. O shampoo certo faz toda a diferença!

Entenda que franjas e cortes retos não te pertencem, abuse nos repicados, seja ousada!

Agora repitam junto comigo:

Adeus formol!

*imagem: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.