Terapia da beleza

Há alguns dias atrás, num momento de desânimo em que eu estava me arrastando pelos cantos de um jeito que nem sapato novo resolveria, decidi juntar alguns produtinhos que ainda não tinha testado e me distrair com o que mais amo: maquiagem. Acabei fazendo uma make completa e compartilhei o processo no Snapchat, no final o humor já tinha melhorado e eu recebi um monte de mensagens com elogios e carinho.

Dia 1

terapia-da-beleza-snapchat-maquiagem-ocabide

Foi tão bacana que acabou rolando de novo e de novo, teve até make inspirado na Siouxsie Sioux!

Dia 2

terapia-da-beleza-snapchat-maquiagem-ocabide-2

Siouxsie Inspired

terapia-beleza-snapchat-maquiagem-ocabide

terapia-beleza-snapchat-maquiagem-ocabide-2

A Terapia da beleza não tem hora marcada e eu nem sei se é algo que quero manter como parte do nosso conteúdo, até porque a parte mais legal é ser espontâneo. Quem irá me dizer se devo ou não continuar são vocês!

Mas eu devo dizer que é terapêutico mesmo, me ajuda a relaxar e esquecer um pouco da vida que anda tão complicada ultimamente. Acho que funciona tão bem por ser um momento totalmente dedicado a mim mesma, e nem tem a ver com beleza (até porque eu nunca uso a maquiagem depois, só faço algumas fotos e depois lavo o rosto).

Ainda estamos em janeiro e já tenho certeza que maquiagem vai ser MUITO presente n’O cabide esse ano. No começo de janeiro eu falei sobre como eu achava que em 2016 O Cabide seria ainda mais uma extensão de mim e eu acho que falarmos mais sobre maquiagem é um reflexo disso.

 

Não esqueça de adicionar O Cabide no Snapchat!

snapcode

Tire um foto do ícone acima com o aplicativo do Snapchat ou nos adicione pelo nome: ocabide.

Geralmente eu aviso que vai rolar Terapia da beleza lá no Twitter (@ocabide), um pouco antes de começar. Vocês gostariam que avisasse em alguma outra rede social?

 

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Marca Registrada – Bourjois

Alguns produtos e algumas marcas são tão presentes em nossas vidas que desaprendemos a viver sem eles. No caso das marcas, nosso envolvimento nos leva a acompanhar todos os lançamentos, experimentar novos produtos e falar sobre nossa devoção para quem quiser ouvir, o que faz com que muitas pessoas acabem experimentando nossos itens preferidos também.

Eu tenho uma lista imensa de produtos preferidos e marcas que eu amo, e decidi dividir isso com vocês em uma série de posts onde vou falar um pouco sobre as marcas e os meus produtos preferidos  de cada uma delas. Por enquanto essa série se limitará a cosméticos, se vocês curtirem posso pensar em fazer isso para marcas de roupa e sapatos também, o que acham?

Hoje vou falar sobre uma marca que aprendi a amar recentemente, que é relativamente acessível e que tem vários produtos cultuados na internet, principalmente por vlogueiras da Europa e Oceania. Vou falar sobre a Bourjois, que é uma marca que existe há muito tempo, foi pioneira no segmento da maquiagem e é a irmã mais velha da marca Chanel.

Bourjois

Em 1863, Alexandre Napoléon Bourjois nascido próximo aos distritos teatrais de Paris, em um momento em que a França era a segunda maior líder econômica do mundo, criou a Bourjois com base na empresa  de cosméticos que Joseph-Albert Ponsin mantinha desde o ano anterior e que era responsável por preparar, no seu próprio apartamento, maquiagem e perfumes para as atrizes da região. Em 1968 Ponsin transferiu por completo a atividades de sua empresa para Napoléon Bourjois, que expandiu marca a nível internacional.

As primeiras criações de Ponsin foram maquiagens a base de cera com nomes como Jealous (Ciúmes) e Lovesick (Doente de amor), considerados atrevidos para a época. Seus produtos se espalharam rapidamente e seu status como “Fornecedor para o teatro” passou a ser  “Produtor especial de produtos para beleza feminina”.

Bourjois

O primeiro blush em pó da história da maquiagem foi criado pela Bourjois em 1863, era uma combinação cuidadosa de pós é água despejados em uma embalagem redonda e colocados no forno para assar, adicionavam um pouco de madre pérola para adicionar cintilância e assavam novamente.

O pó de arroz Java foi lançado em 1879 e tinha como propósito clarear a pele e deixá-la com textura de seda. O sucesso foi imediato e a Bourjois passou a vender em outros países. Em 1897, já com sua própria fábrica, a marca vendeu 2 milhões de unidades do pó de arroz no mundo todo.

Bourjois

Até 1898 o catálogo de produtos da Bourjois já possuia mais de 700 opções de produtos para as bochechas, pálpebras, pó de arroz, esmaltes, batons, tabletes indianos (antecessores do rímel – ou máscara), perfumes para lenços, sachês perfumados, creme dental, loções capilares e a pomada húngara que servir para arrumar bigodes.

A marca continuou inovando ao longo dos séculos sem nunca deixar suas origens de lado, a embalagem do blush em pó permanece a mesma até os dias de hoje, assim como o pó de arroz que continua fazendo parte do mix de produtos, ambos transformaram-se em itens icônicos ao longo dos séculos.

A Bourjois e a Chanel tem parentesco pois, em 1989 a marca foi comprada pela família Wertheimer, que anos depois (1924), se associou à Coco Chanel para lançar o Chanel Nº5. Até 1954 Pierre Wertheimer já era dono dos direitos totais da marca Chanel.

Os negócios da Bourjois e da Chanel são mantidos até os dias de hoje pela família Wetheimer, que atualmente é bilionária.

Bourjois

Agora que sabemos tudo sobre a marca, vamos falar sobre meus favoritos?

Blush Bourjois

Eu não podia começar com outro produto senão o blush! Bem pigmentado, tem uma grande variedade de cores (são 18 ao todo), a embalagem é excelente (além de ter um espelho na tampa, o que é raro para blushs com esse preço) e é comparável aos blushes da Chanel.  Preço: R$ 46,90.

Délice de Poudre Peaux Mates

Outro produto que eu amo e uso todos os dias é o bronzer Délice de Poudre Peaux Mates, além da boa pigmentação ele não é alaranjado, fazendo com que ele seja útil para bronzear e para contornar. Ele tem um cheirinho de chocolate maravilhoso e duas opções de cores, uma para peles mais claras (52) e outra para peles mais escuras (53). Preço: R$75,30

Healthy Mix Serum

A Healthy Mix Serum é uma base em gel, de cobertura leve (mas dá para construir camadas sem ficar com a aparência pesada), é hipoalergênica, deixa a pele com um aspecto natural e funciona em todos os tipos de pele, eu tenho a pele mista e ela fica ótima durante o dia todo. Preço: R$75,90

 Tonique Vitaminé

Eu adoro o Tonique Vitaminé, um tônico vitaminado que tenho usado todos os dias e achei ótimo para controlar oleosidade e preparar a pele para até o mais pesado dos hidratantes. O cheirinho é uma delícia (e bem suave) e ele dura bastante! Preço: R$25,50

Healthy Mix Corretivo

Um outro produto da linha Healthy Mix que vale a pena é o corretivo, que é excelente para espantar a aparência cansada, sem acumular nas linhas. É feito para os olhos mas eu uso no rosto também, ele cobre bem manchinhas e vermelhidão. Preço: R$42,60

Volumizer

E por último, mas não menos importante, a Volumizer Mascara, que é uma máscara para cílios de dois passos. Eu gosto de usar o passo 1 para os cílios inferiores e o passo 2 para os superiores. Ela deixa os cílios bem separados e com volume na base. Preço: R$41,30

Quais marcas vocês gostariam de ver em post como esse?

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Falando Direito

Falando direito

Quem acompanha moda na internet se depara o tempo todo com nomes belíssimos de marcas francesas, marcas essas que começam a desembarcar cada vez com mais força aqui no Brasil, tanto no mercado da moda como no mercado dos comésticos.

Mas existe uma grande diferença entre ler o nome da marca e pronunciar o nome da marca!

E acredite, nós estamos fazendo isso errado!

Me deparei outro dia com esse vídeo fofo que nos ensina a pronunciar direitinho o nome de marcas como Yves Saint Laurent, Vichy, Bourjois, Cle de Peau, Seche Vite, Guerlain, etc.

Dá uma olhada:

*imagem e vídeo: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.