Blog Day atrasadíssimo

Esse post originalmente era para celebrar o final do BEDA, desafio no qual eu falhei miseravelmente na frequência (como foi por um bom motivo vocês me perdoam, né?), mas que me levou a escrever alguns dos meus posts preferidos dos últimos tempos.

blog-day-ocabide

*ilustração da Inslee Haynes

Eu queria aproveitar o Blog Day (31/08), para falar sobre algo que imagino que vocês estejam questionando tanto quanto eu: Se O Cabide é um blog sobre moda para estudantes de moda, porque temos falando tanto sobre plus size? O Cabide agora é um blog sobre moda plus size?

É verdade, nós temos abordado muito essa pauta, assim como algumas outras relacionadas a cultura, como filmes, livros e até tecnologia. Quando eu pensei o layout d’O Cabide que passamos a usar este ano, pensei também sobre a nossa trajetória, sobre a identidade do blog e o meu papel como editora do conteúdo postado aqui e em todas as nossas redes sociais, e cheguei a conclusão que não dava mais para falar só sobre história da moda, croquis e livros. Eu não queria parar de criar conteúdo para estudantes de moda, mas vi que assim como um estudante, o blog precisava crescer, encontrar nova(s) voz(es) e que principalmente estava na hora de compartilhar mais sobre mim (eu falei um pouco sobre isso logo quando a nova versão entrou no ar), até porque já tinha passado da hora de criar um relacionamento mais sólido e pessoal com os meus leitores, algo que eu sempre quis.

Uma foto publicada por O Cabide (@ocabide) em

*o dia em que o meu corpinho apareceu no Buzzfeed

Todos esses posts falando sobre aceitação, positividade e moda plus size tem tudo a ver com a fase que estou vivendo agora, não dá para compartilhar qualquer coisa sobre mim sem falar sobre isso. E tem sido uma experiência maravilhosa dividir tudo isso com vocês, o feedback é maravilhoso, tenho recebido muito apoio e O Cabide ganhou uma visibilidade diferente, o que acabou trazendo novos cabideiros para cá e para as nossas redes sociais.

Estando tão perto do mercado plus size comecei a ver as falhas em uma indústria que parece se recusar a fazer mudanças para atender um público com maior diversidade de tamanhos.

E sabe quem pode mudar isso? Os estudantes de moda!

O futuro da moda está nas mãos de vocês, quem pode mudar o rumo disso tudo são os futuros estilistas, editores, modelistas, etc.

Então vamos continuar publicando posts sobre design, criação e história, mas também vamos continuar falando sobre plus size, vamos aproveitar para tentar decifrar mais desse mercado, buscar saber como desenvolver para esse público e quem são as marcas que estão transformando o mundo da moda para os gordos.

 

Combinado?

 

Nós já temos alguns posts em nosso sketchbook sobre ilustrações plus size:

Bases para croquis plus size

Croquis plus size

Nathanael Lark e o amor próprio

Desenhando curvas

 

*imagens: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Renascendo

A última vez em que publiquei um post no O Cabide foi no dia 31 de dezembro de 2014. Nós tínhamos uma pausa de um mês programada para eu reformar o nosso quartinho e depois voltaríamos com tudo. Mas é claro que as coisas não aconteceram dessa forma!

Cá estou, 4 meses depois, chorando (literalmente) de alegria por estar de volta. Tudo o que poderia dar errado deu. Tudo mesmo.

Eu achei que não ia mais dar certo, foram muitas noites mal dormidas e um outro choro que me acompanhou durante todos esses dias. Eu chorava porque O Cabide era a única coisa consistente em minha vida e eu não o tinha mais, chorava porque precisei de ajuda e ela não veio, chorava porque sinceramente eu nunca tinha me imaginado sem o meu blog.

Foram muitos os percalços desde o nascimento do O Cabide (você sabe como o blog surgiu?), muitos altos e baixos, mas eu persisti. Eu quis essa mudança para o blog não só por motivos estéticos ou para ganhar mais acessos, eu quis essa mudança porque eu sempre achei que O Cabide poderia ser melhor, em conteúdo e aparência. Sentir que meu blog poderia ser mais do que era gerou uma insatisfação e essa insatisfação estava me tirando o ânimo para seguir em frente.

O Cabide está renascendo hoje, por dentro e por fora. Mudamos de plataforma, os textos foram revisados (518 posts!), um projeto editorial para melhorar a quantidade, consistência e frequência do conteúdo vem junto com toda essa mudança. Duas novas colaboradoras se juntaram a nós durante esse hiato, gente incrível que continuou acreditando no nosso quartinho mesmo quando eu não tinha forças para acreditar. É possível que novos colaboradores cheguem nos próximos meses, seria bacana poder abordar novos assuntos com novos pontos de vista, não é?

Nossos projetos fixos voltam com força também, os croquis enviados por vocês para publicação em nossas redes sociais vão ganhar nova agenda, o que significa que mais croquis serão postados daqui para frente. O Maquiadoras Cabideiras, que nasceu bem na hora em que essas mudanças estavam sendo programadas, também volta!

Faltam alguns detalhes ainda para finalizar essa mudança, mas são detalhes tão pequenos que eu não quis esperar e quis vir contar logo para vocês que ESTAMOS DE VOLTA! ?

Espero que vocês gostem, eu fiz pensando em tudo o que vocês mostraram durante esses 5 anos que gostariam de ver por aqui.

Sejam bem vindos, fiquem à vontade e pendurem suas ideias!header grande

 

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Novos cabides

O Cabide é um projeto que eu mantenho sempre focada em sua evolução, as mudanças são constantes, e em grande parte isso tem a ver com a vontade de ser sempre melhor, por outro lado eu me disponho a mudanças constantes no site porque é nele que aplico novos aprendizados, coisas que aprendo estudando por conta própria ou em cursos e workshops.

E recentemente comecei a sentir uma inquietação, uma necessidade de trazer novidades para cá, de crescer mais um pouquinho, de agregar de forma nova.

Vira e mexe tem post colaborativo por aqui, são textos de amigos ou de pessoas que eu admiro e que por desleixo meu não aparecem com mais frequência por aqui.

Posts colaborativos são uma delícia, mas ter alguém sempre aqui com a gente é muito mais especial, não é?

É aí que entra a Baárbara!

blog de moda , colaboradora , Baárbara Martinez

Baárbara Martinez

Não escolhi a senhorita Baárbara Martinez por acaso, ela já é blogueira, responsável pelo Photograph Art and Love e colunista no Vovó Santa, bloga sobre as coisas que ama: moda, cinema, música e a fotografia, pela qual ela reserva um carinho especial e onde quer fazer carreira.

Será em seus posts que vocês vão encontrar um novo suspiro para o blog, seu charme é leve e cheio de doçura, sua linguagem é mais fresca e jovem, o que ajudará a dar ao site um novo tom.

Eu fico muito feliz em trazer uma colaboradora fixa para O Cabide, algo inédito desde a época em que esse site nasceu, e estou muito empolgada, pois acredito que isso marca o início de uma nova fase cabideira!

Bem vinda, gatinha!

Fique à vontade e pendure suas ideias!  ?

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Tá rolando o primeiro sorteio no nosso Instagram!

Em muitos aspectos O Cabide falha como blog de moda. No geral não me importo com isso pois o nosso foco nunca foi falar de estilo, de look do dia e afins. Eu sempre quis que O Cabide fosse totalmente focado a pesquisa de moda, e se fosse o caso de falar de algum produto, seja ele de beleza ou de vestuário, que fosse para falar de desenvolvimento.

Não falar de estilo, de moda no dia a dia, como a gente usa e como a gente a descobre é muito difícil. Falar de estilo passa a ser inevitável, principalmente quando eu sinto vontade de dividir um pouco de mim com vocês, falando dos meus produtos preferidos ou dos esmaltes que uso.

Hora ou outra eu sinto vontade de falar mais sobre sapatos ou acessórios e até de algumas coleções, mas nem é só por não ser o perfil do blog, é por não fazer parte do meu perfil. Não tenho muito repertório para falar de estilo, pelo menos não do meu estilo pessoal, não me sinto como esse tipo de blogueira.

Mas não vou me recusar esse desejo de compartilhar mais com vocês, e pretendo usar o Instagram do O Cabide para isso, já o usei com essa função e achei super legal compartilhar com vocês, novos produtos, novos lugares, novidades em todas as formas, e suprir o que não compartilho aqui.

E para começar com chave de ouro vou fazer o nosso primeiro sorteio, achei justo que fosse um sorteio abrangente o suficiente para quem lê o blog, para quem nos acompanha no Facebook e oTwitter, e é claro para os novos cabideiros no Instagram!

Então esse sorteio valerá uma cópia do livro Drácula Veste Dior, nós já falamos dele por aqui, acho que algo tão cheio de humor e que cria uma relação tão lúdica com a moda, tem tudo a ver com uma rede social como o Instagram!

Visite nosso perfil no Instagram para saber como participar.

O sorteio será 03/10/2013, boa sorte cabideiros!!!

__________________UPDATE__________________

Para tudo! O sorteio foi adiado!

Para tudo!

Eu recebi mensagens de pessoas que queriam participar do sorteio e não tinham particpado ainda, então resolvi adiar um pouquinho!

Corram para particpar, o sorteio será dia 11/10/2013 e as regras continuam as mesmas!

Basta seguir O Cabide no Instagram, curtir a foto do sorteio e indicar 3 amigas nos comentários.

Se você já está participando, tenha calma, o dia do sorteio já está chegando!

Boa sorte!

__________________UPDATE__________________

Saiu o resultado!!!

http://http://instagram.com/p/fWAxrfNR4X/

Teremos um novo sorteio em breve!

?

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.