A elegante Polly Maggoo

No ano passado, por recomendação de uma colega e professora querida, a Jô Souza, assisti ao filme A elegante Polly Maggoo.

Polly Maggoo

O filme é totalmente relacionado a moda, e mesmo sendo de 1966 faz críticas que são ainda relevantes para os dias de hoje.

No roteiro uma história simples, depois de vários anos dedicados a revista Vogue Americana como fotógrafo de moda, William Klein, diretor do filme, aborda por várias perspectivas a inclusão da modelo americana Polly Maggoo (interpretada por Dorothy MacGowan), na alta costura em Paris.

Na minha interpretação do filme consegui identificar os seguintes fatores:

  • A construção de uma nova imagem da sociedade através do uso da moda.
  • Polly Maggoo mitificada pela TV e por ela mesma, quando cria contos sobre seu passado e presente.
  • A massificação de ideias e comportamentos.
  • A moda como objeto de estudo da sociedade.
  • A criação de metáforas para esclarecer o mito de Polly Maggoo.
  • A crítica ao cenário socioeconômico da época (filas para comer, cortes na indústria, o canal de tv reduzindo custos e equipe e mesmo assim há um príncipe abastado, caracterizado por inúmeros caprichos em busca de uma modelo (símbolo idealizado da beleza moderna) para ser sua esposa.
  • O exagero na construção dos personagens que representam os formadores de opinião de moda é interpretado como tragicômico.
  • A banalização da cultura através da mídia.

Considerei estes tópicos extremamente atuais e condizentes com a cultura de moda dos dias de hoje, envolvida pela internet, por trendsetters, coolhunters, blogs, vlogs e afins que mesmo produzidos com intuitos individualistas acabam cercados pela composição do pensamento coletivo e vítimas de uma cultura imposta por uma nova mídia.

Além de tudo isso, o filme tem seu próprio charme, você se vê com dó e com raiva da personagem principal em vários momentos, flutuando entre o vazio da vida que Polly acredita viver e o olhar dissimulado e lúdico que ela mesma dá para a própria vida como celebridade.

Se você tiver dificuldade em encontrar o filme para assistir, eu vi pelo NetMovies, que tem uma ótima promoção para que você experimente os serviços do site gratuitamente.

Se você encontrar algum link genial para o download do filme nos envie!

*imagem e vídeo: reprodução

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

One thought on “A elegante Polly Maggoo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *