Croquis da Casa de Criadores

Mais um post sobre a Casa de Criadores?

Sim.

Mas esse vocês vão gostar mais ainda!

Recebemos um resumo de algumas coleções que foram/vão ser desfiladas na CdC e junto com esses resumos vieram alguns croquis que eu achei que caberiam como uma luva aqui no sketchbook. Afinal é sempre bom ter a oportunidade de preencher um pouquinho esse espaço com ilustrações que saíram do papel.

*UPDATE (07/06/2014): Decidi adicionar a esse post algumas imagens dos desfiles destes estilistas para que vocês pudessem comparar os croquis com as coleções, dessa forma vocês podem ver como os conceitos dos quais falamos aqui ganham vida! 😉

casa-de-criadores-gustavo-carvalho-croqui-ocabide casa-de-criadores-gustavo-carvalho-croqui-ocabide-2

Gustavo Carvalho (vocês também viram os croquis dele nesse post aqui!), que desfilou ontem à noite (04/06), se inspirou em Amílcar de Castro para fazer o seu Verão 2015. A série de esculturas criadas pelo artista mineiro a partir da década de 60 foi traduzida em zíperes que desconstroem as peças nos cortes, pregas, além das transparências, recortes e vazados. Na cartela de cores vemos os trabalhos do escultor através do ouro velho e do pérola, além das cores primárias como o vermelho e o azul.

casa-de-criadores-rafael-caetano-croqui-ocabide casa-de-criadores-rafael-caetano-croqui-ocabide-2

Rafael Caetano desfila hoje sua coleção que aborda elementos importantes do processo de montagem das peças com ênfase especial na modelagem. O trabalho foi criado de dentro para fora já que a marca mostrará o processo de descoberta e trabalhará em função do inacabado, do que ainda está em construção. Sarja resinada, espuma transparente, recouro, plásticos, cambraia, mousseline de seda e organza de seda vêm em tons de branco, gelo e off. Formas retas, porém pontuadas por leves arredondamentos, dão o tom ao seu Verão 2015.

casa-de-criadores-tilda-croqui-ocabide casa-de-criadores-tilda-croqui-ocabide-2

Para o verão 2015 da marca TILDA o tema é “Transform Today: fim, começo e meio”, o designer reforça sua proximidade com conceitos opostos, que fazem as pazes em seus desenhos que juntos promovem transformações. O estilo hippie americano em oposição à guerra do Vietnã e os tropicalistas brasileiros dos anos 1970 se unem a peças e tecidos militares. O fetichismo dos corsets é aliado da garota comportada.

É muito interessante ver como os designers traduziram seus conceitos para o papel, não é?

Acompanhe a Casa de Criadores com a gente!

E não se esqueçam que publicamos todos os croquis que recebemos dos nossos leitores aqui na página (https://www.facebook.com/OCabideOficial) e no nosso perfil no Instagram (http://instagram.com/ocabide)!!!

*imagens: divulgação

*fotos: Luis Alessio

Fundadora e editora do O Cabide, formada em moda, fotógrafa iniciante, apaixonada por figurinos e história da moda. Futura jetsetter, feminista, gayzista, abortista, gorda, patrona do amor próprio e entusiasta da maquiagem para beleza e para a arte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *